Tocantins ocupa a terceira posição na região Norte em número de empresas ativas

O Estado tem 108.109 empresas em atividade, e o setor de serviços possui o maior número de registros, sendo responsável por 42% dos CNPJ’s ativos
por Nayna Peres / Governo do Tocantins
-
Palmas é a cidade com o maior número de empresas em atividade no estado - Foto: Arte: Thassio Borges / Governo do Tocantins

De acordo com dados da Receita Federal do Brasil, o Tocantins tem 108.109 empresas em atividade, e ocupa o terceiro lugar entre os estados da Região Norte. Em primeiro lugar está o Pará, com 334.619 empresas registradas e o Amazonas vem em segundo, com 165.987. Ainda segundo os dados, no Tocantins, dos mais de 108 mil cadastros registrados no Estado, 60,38% são de microempreendedores individuais e 39,62% se dividem entre microempresas, empresas de pequeno, médio e grande porte.

 O setor de serviços é o que registra o maior número de empresas, sendo responsável por 42% dos CNPJ’s ativos, o que corresponde a 45.299, seguido de perto pelo comércio que responde por 40% dos registros. A indústria e a construção civil ocupam 8% cada e a agropecuária conta com 1% nesses números. Juntos os setores do comércio e de serviços concentram 82% do total de empresas em atividade no Tocantins.

Entre as cidades com maior número de registros de CNPJ’s ativos está Palmas, com 35.635. Na segunda posição vem Araguaína, com 14.111 e Gurupi ocupa a terceira colocação, respondendo por 8.285 dos registros ativos.

 Segundo o presidente da Federação das Associações Comerciais e Industriais do Estado do Tocantins (Faciet), Fabiano do Vale, os números retratam a importância do setor empresarial para o Estado. “Neste momento de retomada é fundamental dar essa visibilidade para a classe empresarial do Estado, que é tão importante para a movimentação da economia. Esse dado só demonstra que, com o esforço, dedicação e trabalho dos empresários, é possível promover crescimento econômico e colocar o Tocantins sempre como uma referência   no fortalecimento das empresas brasileiras”, ressaltou o presidente.

 Para o secretário da Indústria, Comércio e Serviços (Sics) e presidente da Agência de Mineração do Estado do Tocantins (Ameto), Tom Lyra, os bons números são reflexo dos esforços do Governador Mauro Carlesse para fortalecer a estreitar os laços entre os setores público e privado, em especial, nesse último ano, onde a pandemia colocou um grande obstáculo, que tem sido superado dia após dia com a parceria entre os setores. “Temos um Governo, que muito contribuiu para a positivação e crescimento do número de empresas no Tocantins. E seguindo as diretrizes de Mauro Carlesse, nós da Indústria e Comércio temos atuando no planejamento de ações e na execução de projetos que contribuam para o desenvolvimento de todos os setores produtivos do Estado. A prova de que esse trabalho tem alcançado excelentes resultados é o número de empregos gerados nesses últimos anos, mesmo em meio às dificuldades, o Tocantins segue figurando entre os cinco estados que mais tem empregado no Brasil, de acordo com os dados do Caged”, finalizou.

Dados da Receita Federal apontam que o Estado ocupa a terceira colocação em número de empresas ativas na Região Norte - Arte: Thassio Borges / Governo do Tocantins
keyboard_arrow_up