Secretário Tom Lyra solicita abertura de agência bancária no Jalapão em reunião com executivos do Sicredi

Instituição conta hoje com 27 agências no País, sendo 13 só no Estado do Tocantins.
por Fábia Lázaro/Governo do Tocantins
-
Flávio Cavalera - Governo do Tocantins (8).JPG
Secretário com os executivos do Sicredi em reunião no gabinete - Foto: Flávio Cavalera/Governo do Tocantins

O  gerente da Regional de Desenvolvimento, Diogo Pelissaro e o gerente de Agência, Júlio César Leite Ferreira, do Sistema de Crédito Cooperativo (Sicredi)  foram recebidos pelo secretário da Indústria, Comércio e Serviços e presidente da Agência do Desenvolvimento, Cultura e Economia Criativa (Adetuc), Tom Lyra,  nesta terça-feira, 1, em seu gabinete. Na pauta da reunião, abertura de novas agências no estado, principalmente, para atender o Jalapão, linhas de crédito voltadas aos Microempreendedores Individuais (MEI) e aos pequenos negócios, além de ações voltadas ao empreendedorismo. 

Na ocasião, os executivos da instituição apresentaram o projeto de expansão do Sicredi para o Tocantins. Segundo o gerente da Regional de Desenvolvimento, a instituição conta hoje com 27 agências no país, sendo 13 só no Tocantins. Mas, este número deve aumentar ainda mais, no próximo ano, já que o banco projeta abrir mais 4 agências, sendo uma na capital (agência conceito) e o restante na região metropolitana. ”A gente vê com boas perspectivas o crescimento do estado”, destacou. 

Ao  reivindicar a implantação de uma agência no Jalapão, o secretário Tom Lyra defendeu que o turismo na região, no ano passado,  movimentou 60 milhões de reais. “São pousadas, postos de combustíveis, supermercados que precisam de um instituição financeira  instalada no local para dar suporte a esta movimentação econômica. Precisamos que o banco analise com critério e carinho esta demanda do Jalapão”, solicitou.

Tom Lyra destacou ainda que o Sicredi é um grande parceiro do estado do Tocantins e a visita foi importante para estreitar novas ações  para o futuro que contemple, principalmente, os pequenos negócios. “ O governador Mauro Carlesse quer que oportunizemos linhas de crédito para os MEIs e as pessoas que dele necessitam “, reiterou.

keyboard_arrow_up