Representantes do Governo do Tocantins e Goiás debatem sobre projeto de desenvolvimento para ferrovia Norte-Sul

Projeto "Corredor de Parceria e de Exportação e Importação Centro-Norte" deve promover o desenvolvimento social e logístico nos estados do Goiás e Tocantins. 
por Lourranny Parente / Governo do Estado
-
Equipe da Secretaria de Indústria, Comércio e Serviços participa de reunião com representantes do governo de Goiás sobre ações de desenvolvimento para a ferrovia Norte-Sul - Foto: Matheus Alcântara / Governo do Estado file_download

Na última sexa-feira, 15, o Secretário da Indústria, Comércio e Serviços, Tom Lyra, e o Secretário Executivo, Iranilson Mota, participaram de reunião com o assessor parlamentar do Presidente da Federação da Agricultura e Pecuária de Goiás (FAEG), Euler Lázaro de Moraes, o Diretor Executivo do Instituto para o Fortalecimento da Agropecuária de Goiás (IFAG), Edson Alves Novaes, Secretário de Agricultura, Pecuária e Aquicultura do Tocantins, Jaime Café e o Secretário da Agricultura, Pecuária e Abastecimento do Estado do Goiás (SEAPA-GO), Tiago Mendonça.

Na ocasião foi apresentado o Projeto Corredor de Parceria e de Exportação e Importação Centro-Norte, cujo intuito é promover o desenvolvimento social e logístico, através de políticas públicas, das regiões nos estados do Goiás e Tocantins onde há rota da ferrovia Norte-Sul. O corredor deve impactar também, regiões dos estados do Piauí, Maranhão, Bahia e Minas Gerais. 

O projeto consiste no planejamento e gerenciamento de um modal de transportes para movimentar a exportação e escoamento de produtos, mercadorias e serviços internamente e externamente. A proposta é que um termo de cooperação e parceria e um termo de referência seja assinado entre o estado do Tocantins, do Goiás e o Governo Federal para que a proposta siga adiante. 

Para o Secretário da Seapa-GO, Tiago Mendonça, o projeto deve beneficiar a agricultura e agropecuária, setores importantes para a economia dos dois estados: “Tanto o Tocantins como Goiás são estados com um grande potencial de crescimento na agricultura e pecuária, ainda temos muito terreno para explorar nesse ramo. Então, nós temos um crescimento que acontecerá de forma rápida e a infraestrutura precisa correr a longos passos para acompanhar. Dessa forma, vamos resolver a questão da geração de empregos que será uma grande solução para os estados. Estamos à disposição para fazer parte do projeto e ajudar da forma que pudermos.” 

Além do desenvolvimento econômico para os estados, a meta é que o Corredor Norte-Sul também resulte no crescimento e progresso dos municípios que receberão atenção especial e melhoramento da infraestrutura. A partir da assinatura dos termos o objetivo é que a experiência seja iniciada pelo estado do Goiás, posteriormente sendo expandida para o Tocantins.

 O Secretário da Agricultura, Pecuária e Aquicultura do Tocantins, Jaime Café, considera o projeto uma solução para as dificuldades de produção no estado: “O Tocantins tem um potencial muito grande a ser atingido a partir da efetivação da ferrovia, reconhecemos alguns gargalos e estamos conversando sobre isso. Eu consigo ver a importância dessa integração entre os estados para resolvermos isso. Existe da parte do Governador Mauro Carlesse o desejo de fomentar esse desenvolvimento. Temos algumas regiões que podem contribuir grandemente com esse projeto, utilizando a ferrovia para exportação de grãos, porém, precisamos levar uma melhor estrutura para os municípios.” 

O Secretário da Indústria, Comércio e Serviços (Sics) e Presidente da Tocantins Minérios, Tom Lyra, acredita no projeto e nos benefícios que ela pode trazer para os negócios tocantinenses. “ Parabéns pela iniciativa deste encontro, eu sou um entusiasta dessa ferrovia, ainda estamos começando a ver como podemos explorá-la e acredito que este projeto é uma iniciativa que vai nos ajudar a deslanchar nessa área. Quero me colocar à disposição para ajudar no que for necessário. É um propósito da Sics, seguindo a gestão Mauro Carlesse, que possamos utilizar todas as ferramentas disponíveis para fomentar desenvolvimento para os nossos municípios e gerar emprego e renda para a nossa população."

Secretário da Indústria, Comércio e Serviços, Tom Lyra, participa de reunião com representantes do governo de Goiás sobre ações de desenvolvimento para a ferrovia Norte-Sul - Matheus Alcântara / Governo do Estado file_download
keyboard_arrow_up