Prorrogação de TARE é tema de reunião entre representantes do governo e empresa do ramo siderúrgico

O Termo de Acordo de Regime Especial (TARE) concede benefícios fiscais para fomentar o crescimento das empresas
por Lourranny Parente / Governo do Tocantins
-
Secretário da Indústria e Comércio, Tom Lyra, em reunião com representantes da empresa Gurufer e auditor fiscal da Secretaria da Fazenda. - Foto: Matheus Alcântara/Governo do Tocantins file_download

Nesta quarta-feira, 06, o secretário da Indústria, Comércio e Serviços e Presidente da Tocantins Minérios, Tom Lyra, esteve em reunião com o Auditor Fiscal da Secretaria da Fazenda e Conselheiro de Desenvolvimento Econômico, Jorge Couto, e o Representante da Gurufer, empresa tocantinense do ramo de produtos siderúrgicos, Emilson Vieira dos Santos.

Na ocasião, o representante da empresa, solicitou a renovação do Termo de Acordo de Regime Especial (Tare) com o governo do Estado. O termo concede benefícios fiscais com o objetivo de fomentar o crescimento das empresas, atrair novos empreendimentos e desenvolver a economia no estado.

Para Emilson Vieira dos Santos, a renovação do acordo é importante para que as empresas consigam movimentar a economia comprando e vendendo dentro do estado: “Os benefícios fiscais são importantes para as empresas que estão se instalando no Estado, e também para aquelas que já os têm e que o prazo de validade do contrato está chegando ao fim. Nós não teríamos competitividade se não tivéssemos acesso a esses benefícios fiscais. É uma questão de sobrevivência das empresas ter esse benefício concedido pelo Governador Mauro Carlesse”.

Para o secretário Tom Lyra, esse é um dos principais objetivos da Secretaria da Indústria, Comércio e Serviços e do Governador Mauro Carlesse; viabilizar o diálogo entre a classe empresária e o Governo para promover o desenvolvimento econômico: “A Gurufer é uma empresa sólida e que contribui bastante para o Estado. O nosso objetivo junto com a Secretaria da Fazenda e o Governo do Estado é desburocratizar os processos, fortalecer o nosso vínculo com as empresas e incentivar o crescimento econômico do estado gerando mais emprego e renda para a população”.

De acordo com o Auditor Fiscal da Sefaz, Jorge Couto, a Secretaria da Fazenda está disponível para ajudar onde for necessário e deve responder a solicitação da empresa Gurufer no prazo mais remoto possível.

keyboard_arrow_up