Equipe da Sics se reúne com representantes da Sudam para debater estratégias de desenvolvimento regional

Caravana “Sudam nos Estados” está sendo realizada com o objetivo de estreitar laços com os estados que compõem a Amazônia Legal.
por Lourranny Parente / Governo do Tocantins
-
Secretário Tom Lyra participa de reunião com representantes da Superintendência de Desenvolvimento da Amazônia - Foto: Matheus Alcântara / Governo do Estado

Diretores e Coordenadores da Secretaria da Indústria, Comércio e Serviços estiveram nesta quarta-feira, 30, em reunião com representantes da Superintendência de Desenvolvimento da Amazônia (Sudam), debatendo condições de fundos de investimento, incentivos fiscais e estratégias de articulação, planejamento e fomento dos projetos de Arranjos Produtivos Locais (APL), a fim de desenvolver as empresas, a produção e a comercialização dos produtos tocantinenses.

A Sudam atua nos nove estados que compõem a Amazônia Legal diagnosticando o potencial e dificuldades dos projetos, apoiando as políticas públicas estaduais para promover o desenvolvimento regional. Para isso, o órgão está realizando a caravana “Sudam nos Estados", uma série de encontros nas capitais com o intuito de estreitar os laços e aproximar a Sudam de todos os Estados, além de promover diálogos sobre o desenvolvimento regional na Amazônia.

Visando atualizar os dados do Tocantins junto à Sudam, foram apresentados na manhã desta quarta-feira, os principais projetos apoiados pelo Núcleo de Apoio aos Arranjos Produtivos Locais (NAPL/TO) do Estado, os estágios em que se encontram e as suas necessidades. Essas informações são fundamentais para Sudam elaborar o Plano Regional de Desenvolvimento da Amazônia. 

O Diretor de Desenvolvimento e Articulação de Políticas da Sudam, André Azevedo, acredita nessa aproximação e troca de informações para aumentar a presença da Sudam nos estados e ajudar na viabilização de projetos: “Estamos abrindo uma janela de oportunidades atualizar a carteira de projetos. Esse plano foi desenvolvido com a colaboração de muitas entidades e são levadas em consideração questões socioeconômicas. É importante tornar a carteira de projetos uma vitrine atrativa para investimentos”.

Participaram da reunião também, representantes do Ministério da Economia, da Organização das Cooperativas Brasileiras (OCB), Agência de Defesa Agropecuária (Adapec), Federação do Comércio do Tocantins (Fecomércio), Conselho Regional de Economia (Corecom), Agência de Fomento, Secretaria da Agricultura, Pecuária e Aquicultura (Seagro), Ruraltins, Unitins e UFT.

Fundos de Incentivo e Atração de Investimentos 

Na tarde desta quarta-feira, foi realizado o Encontro Técnico: Diretoria de Gestão de Fundos de Incentivos e de Atração de Investimentos, com a presença do Secretário da Indústria, Comércio e Serviços (Sics), Tom Lyra, o Subsecretário Iranilson Mota, o Coordenador Geral de Avaliação de Fundos e Incentivos da Sudam, Flávio Lima, e o Técnico da Coordenação de Benefícios e Incentivos Fiscais e Financeiros da Sudam, Fábio Santos. 

Segundo dados apresentado pelos representantes da Sudam sobre o Fundo de Desenvolvimento da Amazônia (FDA) e Fundo Constitucional de Financiamento do Norte (FNO), o Tocantins ocupa o segundo lugar entre os estados da região Norte em aplicação de recursos do FNO, concentrando principalmente no agronegócio, e é líder de investimento deste recurso em empresas de pequeno e médio porte. 

Para Flávio Lima, Coordenador Geral de Avaliação de Fundos e Incentivos, é de grande importância esse diálogo com as instituições que promovem o desenvolvimento, pois só assim, a Sudam será capaz de entender as necessidades do Tocantins a atuar de forma mais efetiva junto ao estado: “Estamos à disposição para contribuir com o estado. Viemos com o objetivo de divulgar os fundos disponíveis e identificar quais setores têm potencial para desenvolver a região. Esses encontros estão acontecendo porque percebemos que a Sudam estava distante dos estados, e como solução, precisávamos voltar aos estados entender as demandas e ser mais efetivos no uso dos incentivos fiscais e fundos de investimentos”.

O Secretário da Indústria, Comércio e Serviços, Tom Lyra, acredita que é necessário avaliar onde o Tocantins se encaixa nos programas de benefícios para podermos aproveitar da melhor forma as possibilidades de subsídio uma vez que a maioria das empresas no estado são de pequeno e médio porte. “A Sudam é um órgão muito importante para o Brasil e para a nossa região especificamente. O Tocantins vive um bom momento na área de arrecadação, hoje somos o 5° estado em arrecadação e estamos em 5° lugar no Brasil em geração de empregos, isso tem sido um atrativo para os negócios no estado. É um estado jovem, com uma boa base universitária e seguindo as orientações do Governador Mauro Carlesse, estamos trabalhando para melhorar as possibilidades de crescimento e chegarmos no futuro com prosperidade”.

Diretora de Indústria e Comércio, Geanny Pinheiro, participa de reunião com Diretor de Planejamento da Superintendência de Desenvolvimento da Amazônia, André Azevedo, sobre projetos de Arranjos Produtivos Locais. - Matheus Alcântara / Governo do Estado
keyboard_arrow_up