Equipe da Sics e CDE participam de atendimento à empresários do estado de Goiás

Na reunião foram tratados sobre os termos e condições para aquisição de incentivos fiscais no Tocantins. 
por Lourranny Parente / Governo do Estado
-
Secretário da Indústria, Comércio e Serviços realiza atendimento à empresário do Goiás. - Foto: Matheus Alcântara / Governo do Estado file_download

Na última sexta-feira, 12, o Secretário da Indústria, Comércio e Serviços, Carlos Humberto Lima, realizou atendimento a empresários do estado de Goiás para orientação sobre os termos e condições para aquisição de incentivos fiscais.

O empresário Luiz Júnior, conta que já possui empreendimentos de varejo no ramo de móveis e eletrodomésticos e agora procura expandir seus negócios iniciando no e-commerce, por isso, procurou o Tocantins para montar o centro de distribuição da sua empresa: 

“Lá no Goiás já temos lojas físicas vendendo móveis e eletrodomésticos e agora viemos ao Tocantins para entender como funcionam os benefícios do Estado nos segmentos de varejo, e-commerce, atacado e indústria. Fiquei muito feliz e esperançoso com as tratativas e as explicações que foram feitas pelo Secretário e equipe. Os benefícios são atrativos e agora iremos dar seguimento com a parte contábil e jurídica para que possamos fazer um plano de viabilidade econômica e tentar trazer o centro de distribuição aqui para o Tocantins.” 

Para o Secretário da Indústria, Comércio e Serviços, Carlos Humberto Lima, o estado hoje vive um bom momento para investir e a Sics atua na atração desses investimentos que devem estimular a economia: 

“A Secretaria está de portas abertas e a nossa equipe sempre disponível para orientar aqueles que vierem interessados em investir no Tocantins. Com o apoio do Governador em Exercício, Wanderlei Barbosa, estamos trabalhando para fazer grandes avanços na indústria e no comércio. O sucesso das empresas é o nosso sucesso também, porque, a prosperidade dos negócios significa criação de novos postos de trabalho, aumento na nossa arrecadação, economia girando e renda para a nossa população.” 

A reunião contou ainda com a participação da equipe técnica da Sics e do Conselho de Desenvolvimento Econômico, o CDE.

keyboard_arrow_up