Empresa de enlatados e beneficiamento de pescados planeja implantar unidade no Tocantins

A Frescomares possui duas unidades, sendo uma em Navegantes (SC) e a outra em Mossoró (RN), e avalia expandir seus negócios para o Tocantins.
por Nayna Peres / Governo do Tocantins
-
Empresários de indústria de beneficiamento de pescado visam implantar unidade no Tocantins - Foto: Matheus Alcântara / Governo do Tocantins

Atentos ao potencial da cadeia produtiva da piscicultura tocantinense os executivos da Frescomares, Jardenilson Linhares de Oliveira e José Ricardo Varela, a convite da Secretaria da Indústria, Comércio e Serviços (Sics), estiveram reunidos na manhã desta segunda-feira, 05, com o titular da pasta e presidente da Agência de Mineração do Estado do Tocantins (Ameto), na ocasião apresentaram suas intenções em implantar uma unidade no Estado, a indústria atua no ramo de beneficiamento de pescados e enlatados, em especial, tilápia e outros pescados.

Durante a reunião os representantes tiveram a oportunidade de conhecer um pouco mais sobre as cadeias produtivas do Tocantins e sobre os incentivos fiscais disponibilizados para quem deseja investir ou ampliar seus negócios no Estado. 

A Frescomares possui duas unidades, sendo uma em Navegantes (SC) e a outra em Mossoró (RN), e avalia expandir seus negócios para o Tocantins. Segundo o representante da indústria, José Ricardo Varela, o Estado mostrou ser uma excelente oportunidade de investimento. “Temos interesse em implantar uma fábrica de enlatados e também de comercializar peixes frescos no Tocantins, estou impressionado com tudo o que vi e percebo que as possibilidades de sucesso são garantidas”, apontou. 

Ainda na reunião, o secretário Tom Lyra apresentou aos empresários as Cadeias produtivas da Piscicultura e da Tilapicultura e o Censo da Piscicultura do Estado. Estudo esse que foi realizado pela Sics em parceria com o Instituto de Desenvolvimento Rural do Tocantins (Ruraltins). Os empresários se mostraram impressionados com as potencialidades deste setor produtivo, que a cada dia está ganhando mais espaço sob as diretrizes da gestão do Governador Mauro Carlesse. “Essa é uma área de interesse da gestão, a piscicultura é uma cadeia produtiva presente em 117 dos 139 municípios, o setor movimenta R$ 92,8 milhões ao ano e hoje é uma das áreas estratégicas para o desenvolvimento econômico do Estado, temos muito o que crescer e conquistar nesse mercado promissor”, concluiu.

 

keyboard_arrow_up