Acipa apresenta ao Governo do Estado projeto de apoio aos MEIs

O Tocantins conta com cerca de 75 mil MEIs, que atuam em diversos setores produtivos
por
-
Durante o encontro o secretário Tom Lyra se comprometeu a levar a proposta ao governador Mauro Carlesse - Foto: Matheus Alcântara / Ascom Sics

Com foco no desenvolvimento econômico e apoio aos empresários tocantinenses o secretário da Indústria, Comércio e Serviços (Sics) e presidente da Agência de Mineração do Estado do Tocantins (Ameto), Tom Lyra, esteve reunido com o presidente da Associação Comercial e Industrial de Palmas (Acipa), Joseph Madeira e com a diretora de Apoio aos Microempreendedores da Acipa, Dark Luzia, a reunião aconteceu na manhã desta terça-feira, 06, na sede da Sics. 

O encontro teve como objetivo apresentar um projeto de apoio para a formalização, organização e expansão dos Microempreendedores Individuais (MEIs), em Palmas. A intenção é formar parcerias com o Estado com foco no suporte e desenvolvimento desses empresários para que com o seu desenvolvimento possam alçar voos mais altos e contribuir ainda mais para o desenvolvimento do Tocantins. 

Segundo dados do Portal do Empreendedor e Simples Nacional, mesmo no contexto difícil do último ano e de seus impactos sobre a economia, em 2020 o número de empreendedores que formalizaram seus negócios cresceu 8,5% em relação a 2019, no Tocantins. 

O estado tem, atualmente, cerca de 75 mil MEIs, que atuam em diversos setores produtivos, entre eles, o setor de serviços que corresponde a 42,3% desse total, o comércio vem em segundo com 38,1%, a construção civil com 9,8% e a indústria com 9,5%.

O secretário Tom Lyra, assim como o Governador Mauro Carlesse, sabe da importância desses microempresários que correspondem a grande parte da movimentação econômica do país e assumiu o compromisso de apresentar esse projeto ao governador. “Uma das diretrizes da gestão de Mauro Carlesse é fomentar e incentivar o empreendedorismo no Estado, temos trabalhado para fortalecer essas cadeias e inserir essas pessoas na economia formal. Assim contribuindo para o crescimento do Tocantins e criando novas oportunidades para a população”, concluiu.

keyboard_arrow_up