Secretária Miyuki prestigia inauguração da Central de Resíduos do Tribunal de Justiça do Tocantins

Gestora da pasta se comprometeu em replicar a ideia que contribui para reduzir impactos ambientais do consumo
por Governo do Tocantins
-
Secretária Miyuki elogia iniciativa do Tribunal de Justiça do Tocantins - Foto: Marcel de Paula

A secretária de Estado do Meio Ambiente e Recursos Hídricos, Miyuki Hyashida, prestigiou nesta sexta-feira,24, a inauguração da Central de Resíduos do Tribunal de Justiça do Tocantins (TJTO), uma estrutura localizada atrás da sede do tribunal em Palmas, construída para receber os resíduos gerados no interior dos prédios do Poder Judiciário. 

O espaço foi inaugurado pelo presidente do TJTO, desembargador João Rigo Guimarães e contou ainda com a presença da presidente da Comissão Gestora do Plano de Logística Sustentável do Tribunal de Justiça do Tocantins (PLS-PJTO), desembargadora Ângela Prudente e demais autoridades.

A ação atende às recomendações do Conselho Nacional de Justiça (CNJ) e do TJTO e busca promover a preservação do meio ambiente, por meio da destinação adequada de todos os tipos de resíduos gerados durante a execução diária dos trabalhos. 

  Na ocasião, a titular da pasta elogiou a iniciativa do Tribunal de Justiça e se comprometeu em adotar na secretaria de Meio Ambiente e Recursos Hídricos um projeto semelhante que promova a adequada gestão dos resíduos sólidos.  “Esta é uma iniciativa que contribui para reduzir os impactos ambientais do consumo e o Tribunal de Justiça, com esta ação, abre caminho para que outros órgãos façam o mesmo e vamos buscar multiplicar essa ideia”, afirmou.

A iniciativa é parte do projeto Coleta Seletiva Solidária, lançado no início deste ano pelo TJTO, e é contemplada pelo PLS-PJTO. São objetivos a defesa e proteção do meio ambiente, melhor eficiência do gasto público e da gestão dos processos de trabalho, os quais estão em conformidade com o que preconiza a Agenda 2030 da Organização das Nações Unidas (ONU).

 

 

Secretária Miyuki, ao lado do presidente do Tribunal de Justiça do Tocantins (TJTO), desembargador João Rigo Guimarães e demais autoridades - Marcel de Paula
keyboard_arrow_up