Projeto Foco no Fogo leva orientações sobre queimadas aos municípios de Novo Acordo, Gurupi e Peixe

As ações contam com a parceria de diversas instituições que compõem o Comitê do Fogo
por Robson Corrêa/Governo do Tocantins
-
Em algumas cidades os gestores municipais participam in loco das ações - Foto: Fernando Alves/Governo do Tocantins

O Governo do Tocantins, por meio da Secretaria de Estado do Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Semarh) e demais parceiros, têm percorrido o interior do Estado com o projeto Foco no Fogo que leva orientação sobre os riscos das queimadas e educação ambiental aos moradores da zona rural. Nesta sexta-feira, 09, as equipes finalizaram mais um ciclo de visitas nas cidades de Novo Acordo, Gurupi e Peixe.

De acordo com a titular da Semarh, Miyuki Hyashida, "o projeto visa atender as cidades que apresentaram altos índices de incêndios florestais nos anos anteriores, levando as orientações sobre os prejuízos que as queimadas podem gerar para a saúde da população e ao meio ambiente”. Ainda segundo a gestora, "a Semarh está comprometida em levar a educação ambiental como instrumento de prevenção, envolvendo todos os municípios que vão receber o Projeto, a fim de reduzir a cada ano os focos de calor no Tocantins”.

Coordenada pela Diretoria de Desenvolvimento Sustentável da Semarh (DDS), a parte logística na organização das ações tem sido fundamental para a otimização das visitas. Segundo a diretora da DDS, Karynne Sotero, “algumas propriedades são de difícil acesso, e é necessário ter um suporte de pessoas que conheçam a região para que o tempo das ações seja aproveitado da melhor forma possível”. A diretora ainda ressalta que “durante as visitas é explicado aos moradores que uma queimada na propriedade oferece grande risco a todos que vivem nas proximidades, e o descontrole desse fogo pode trazer danos irreparáveis”.


Atualmente as ações contam com o suporte de 30 instituições públicas e privadas que integram o Comitê Estadual de Combate aos Incêndios Florestais e Controle de Queimadas no Tocantins (Comitê do Fogo) e vêm trabalhando em parceria na realização do projeto Foco no Fogo. As localidades que mais queimaram no último ano, vêm sendo identificadas de acordo com ranking do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE) e dados consolidados do Centro de Monitoramento e Manejo do Fogo (CEMAF/UFT). 


Material informativo
No município de Gurupi, a prefeita Josi Nunes ressaltou a importância de mais uma ação em prol da diminuição dos incêndios florestais no Tocantins. “O projeto Foco no Fogo tem visitado os proprietários rurais, distribuindo material informativo e repassando os canais de comunicação onde as pessoas podem fazer suas denúncias. E para conseguirmos diminuir as queimadas aqui na nossa região, é extremamente importante a participação de toda a comunidade”, disse.

Durante as visitas as equipes propõem alternativas de práticas sustentáveis, como o Manejo Integrado do Fogo (MIF). Também é informado sobre como proceder nos casos de incêndios florestais. Os proprietários rurais ainda recebem esclarecimentos sobre a importância de contar com o suporte dos profissionais na realização da queima controlada preventiva, para evitar incêndios de grandes proporções. Além da necessidade de respeitar o período de suspensão dessas queimas.

No município de Peixe, as equipes do Projeto visitaram a propriedade do produtor rural José Cabral, que apontou como positiva a iniciativa do Governo do Tocantins em promover ações de conscientização dos moradores. “Conhecemos bem os perigos que o fogo pode nos trazer se adentrar na nossa propriedade, e nessa época do ano o nosso cuidado é redobrado para evitar que isso aconteça. O produtor frisa ainda “a visita das equipes é muito importante, pois sabemos que podemos contar com o suporte das autoridades no combate aos incêndios”, destacou.

Paralelamente às atividades do projeto Foco no Fogo, vem sendo realizada ação de assistencialismo, fruto de uma parceria com a Secretaria de Estado do Trabalho e Desenvolvimento Social (Setas), e Secretaria de Estado da Saúde (SES), que entregam cestas básicas com alimentos e kits de prevenção contra o novo Coronavírus (Covid-19), para famílias carentes da zona rural.

Participaram das ações nesta semana, representantes da Agência de Defesa Agropecuária (Adapec), Defesa Civil Estadual, Exército Brasileiro, Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama), Instituto Natureza do Tocantins (Naturatins), Prefeituras locais, Energisa e Corpo de Bombeiros Militar (CBM).

As ações do Projeto seguem obedecendo todos os protocolos de segurança e prevenção neste período de pandemia. As visitas nas propriedades rurais vão até o mês de agosto. Ainda serão atendidos os municípios de Pium, Pedro Afonso, São Félix, Mateiros, Arraias, Paranã, Almas, Icatajá, Goiatins, Filadélfia, Luzinópolis, Angico, Riachinho e Ananás.

Além das orientações, o projeto ainda realiza o assistencialismo com a entrega de cestas básicas - Fernando Alves/Governo do Tocantins
Novo Acordo foi uma das cidades visitadas pelo projeto Foco no Fogo nesta semana - Fernando Alves/Governo do Tocantins
O suporte dos gestores municipais é fundamental para o bom desenvolvimento dos trabalhos - Fernando Alves/Governo do Tocantins
As equipes são instruídas sobre como proceder nas orientações - Fernando Alves/Governo do Tocantins
No município de Peixe, as equipes levaram educação ambiental aos moradores da zona rural - Fernando Alves/Governo do Tocantins
A entrega das cestas básicas para as famílias carentes é fruto de uma parceria entre a Semarh e a Setas - Fernando Alves/Governo do Tocantins
keyboard_arrow_up