Drive Thru da Coleta Seletiva Solidária arrecada mais de uma tonelada de material reciclável

Todo o material foi doado para cooperativas e associações de catadores de recicláveis
por Camila Mitye/Governo do Tocantins
-
Autoridades durante o Drive Thru: Mais de 1,2 tonelada de materiais recicláveis arrecadados - Foto: Marcel de Paula/Governo do Tocantins

Uma ação alusiva ao Dia Nacional da Luta dos Catadores de Materiais Recicláveis realizada neste 7 de junho, o “Drive Thru da Coleta Seletiva Solidária”, arrecadou cerca de 1,2 tonelada de resíduos reaproveitáveis que foram doados para as cooperativas Associação Reciclopalmas, Ascampa, Ascamares, e Cooperan. A iniciativa foi da Rede TO Sustentável, da qual a Secretaria do Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Semarh) faz parte, com coordenação do Tribunal de Justiça do Tocantins (TJTO), por meio do Núcleo de Gestão Socioambiental (Nuges).

A ação foi destinada aos servidores e magistrados do TJTO, mas também aberta ao público em geral, incluindo servidores da Semarh, que puderam doar resíduos recicláveis no ponto de coleta instalado no estacionamento lateral da sede do TJTO, na Praça dos Girassóis, em Palmas. Durante o evento, todos os protocolos de segurança contra a Covid-19 foram respeitados como a utilização de máscaras e o respeito às normas de distanciamento social. Quem participou da ação recebeu sementes para plantio e uma muda de planta nativa do Cerrado.

A secretária do Meio Ambiente e Recursos Hídricos do Tocantins, Miyuki Hyashida, ressaltou o exemplo positivo dado por todas as instituições envolvidas à sociedade ao valorizar o trabalho da rede de reciclagem e estimular o plantio de árvores. “Quando instituições como o Tribunal de Justiça do Tocantins, o Ministério Público Estadual, o Tribunal de Contas do Estado e tantas outras se unem por uma causa tão nobre, incentivando o plantio de mudas e o respeito ao meio ambiente, é algo muito positivo tanto por fortalecer o trabalho da nossa secretaria como para nos dar motivos para continuar realizando ações desta natureza, que têm um resultado tão bom”, afirmou.

Já a secretária-executiva da Semarh, Ana Laura de Miranda Coutinho, destacou a união de forças em prol de uma causa tão importante. “Todos sabemos a importância das associações e cooperativas para a destinação correta de materiais recicláveis. Então, essa união de instituições comprometidas representa a valorização dos catadores como agentes essenciais para a política adequada de resíduos sólidos, bem como busca da conscientização coletiva da causa”, pontuou.

A presidente da Comissão Permanente Gestora do Plano de Logística Sustentável (PLS-PJTO), desembargadora Ângela Prudente, destacou que o evento é uma ação humanitária e ao mesmo tempo uma ação educativa socioambiental. “Neste mês de junho, nós comemoramos o mês do meio ambiente e hoje é um dia especial, que é o Dia Nacional da Luta dos Catadores de Materiais Recicláveis. Então, não poderíamos deixar passar em branco. Com esta ação, nós conseguimos fazer uma integração através da Rede TO Sustentável, que reúne diversas instituições, visando promover uma ação que possa auxiliar os catadores para conseguir uma renda, até porque, neste momento de pandemia da Covid, a gente tem visto as dificuldades que eles têm passado”, afirmou a desembargadora.

O presidente da Cooperativa de Produção de Recicláveis do Tocantins (Cooperan), Otacílio Martins Cardoso, disse que ação é um incentivo para conscientizar os municípios a fazerem com que a coleta seletiva funcione corretamente. “Essas ações dos órgãos fazem com a coleta seletiva seja vista com a importância que é, e a gente luta para que os órgãos municipais se sensibilizem e façam com que esse trabalho aconteça realmente. Temos um processo que não é viável, se produz muito lixo e precisamos tratar de forma correta”, disse.

Durante o evento, foram entregues 230 cestas básicas às instituições beneficiadas pela ação, além de Equipamentos de Proteção Individual (EPIs) e álcool em gel para que possam se proteger da Covid-19. Além disso, os catadores de recicláveis também receberam atendimento do Espaço Saúde do TJTO com medição da pressão arterial e teste de glicemia.

Rede TO Sustentável

A Rede TO Sustentável, idealizadora do evento, é composta pelo Tribunal de Justiça do Tocantins, Ministério Público Estadual (MPTO), Tribunal de Contas do Estado (TCE), Defensoria Pública Estadual (DPE), Universidade Federal do Tocantins (UFT), Universidade Estadual do Tocantins (Unitins), Tribunal Regional Eleitoral (TRE), com apoio do Governo do Estado do Tocantins, Prefeitura de Palmas, Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa), Agência Tocantinense de Saneamento (ATS), sob a coordenação do Núcleo de Gestão Socioambiental (Nuges), com a participação da Comissão Gestora do Plano de Logística Sustentável (CGPLS) e da Comissão da Coleta Seletiva do TJTO.

(Com informações de Jesuino Santana Jr./Comunicação TJTO)

A secretária Miyuki Hyashida (esq.) participou do evento ao lado da gerente de Resíduos Sólidos Hélia Azevedo Pacheco (centro) e da secretária-executiva Ana Laura de Miranda Coutinho (dir.) - Marcel de Paula/Governo do Tocantins
keyboard_arrow_up