JANELA A CAMPO SUSTENTÁVEL

PROJETO CAMPO SUSTENTÁVEL

Integração Lavoura-Pecuária-Floresta (ILPF)

O Projeto Campo Sustentável tem como objetivo demonstrar aos produtores rurais os resultados econômicos e ambientais através da implantação de pelo menos 50 hectares de integração lavoura, pecuária e floresta (ILPF), no Estado do Tocantins, com modelos produtivos distintos, que serão monitorados por indicadores específicos definidos para projeto, levando em conta características edafoclimáticas. Os resultados irão compor Planos de Negócios atrativos para produtores rurais, assim como embasar o desenvolvimento de uma Estratégia de Investimento para transição agroecológica e redução do desmatamento no Estado, dando segurança aos produtores e potenciais investidores.

O impacto esperado pelo projeto é reduzir as taxas de desmatamento no Estado com uma estratégia de produção rural sustentável, recuperando áreas já
degradadas e combatendo os vetores de desmatamento, de forma ambientalmente e economicamente viável.

A Semarh é a gestora do projeto, como captadora do recurso junto ao GCF (Força Tarefa dos Governadores para o Clima e Florestas). O Instituto de Conservação e Desenvolvimento Sustentável da Amazônia (IDESAM) é o gestor financeiro, conforme determina o Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD) – órgão vinculado à ONU selecionado para intermediar o repasse dos recursos aos estados por meio de instituições parceiras. As outras instituições envolvidas são o Instituto de Desenvolvimento Rural do Tocantins (Ruraltins), e a Embrapa.

keyboard_arrow_up