Governo do Tocantins realiza Mutirão de Manutenção de Rodovias estaduais na regional de Guaraí

Objetivo é garantir a trafegabilidade antes do início do período chuvoso
por Erica Lima/Governo do Tocantins
-
Tapa-buracos e outros serviços estão sendo executados de maneira simultânea - Foto: Ageto/Governo do Tocantins

O Governo do Tocantins, por meio da Agência Tocantinense de Transportes e Obras (Ageto), intensificou nesta semana, de 13 a 17, os trabalhos do Mutirão de Manutenção de Rodovias na regional de Guaraí. Os serviços foram iniciados no final de agosto e já foram executados em pouco mais de 900 km, a regional possui 2.127 km de rodovias. 

O objetivo do mutirão é realizar a manutenção preventiva e corretiva de toda a malha viária tocantinense, preparando as rodovias para o período chuvoso.

De acordo com a secretária de Estado da Infraestrutura e presidente da Ageto, Juliana Passarin, diversos tipos de serviços estão sendo executados de maneira simultânea. “As equipes estão trabalhando na realização de tapa-buracos; roçagem; limpeza de sistemas de drenagem; manutenção de pontes; terraplanagem; revestimento primário e, nos locais onde o asfalto está muito deteriorado, está acontecendo a recomposição da base para posteriormente haver a reconstituição do pavimento”, explica.

Para o mutirão, a Ageto deslocou cinco equipes com maquinário completo. Cerca de 50 homens foram designados para a região, além de equipamentos como patrols, tratores, escavadeiras, retroescavadeiras, rolos e caminhões caçambas. “As equipes trabalham para garantir a qualidade das rodovias durante o período chuvoso”, explica o coordenador da Residência Rodoviária de Guaraí, Antônio Martins.

O mutirão será realizado em todas as regiões do Tocantins. O programa foi iniciado em junho, pela região do Bico do Papagaio, já beneficiou a regional de Araguaína e, nos próximos dias, deve começar a ser desenvolvido em Paraíso do Tocantins. “Conseguiremos entrar no período chuvoso com as rodovias estaduais em condições de trafegabilidade, o que vai gerar mais conforto e segurança aos usuários”, finaliza Juliana Passarin.

Edição: Lenna Borges

Revisão Textual: Marynne Juliate

keyboard_arrow_up