Auditores fiscais da receita estadual autuam mercadoria irregular em Gurupi

por Sefaz/Governo do Tocantins
-
Caminhão baú com sucatas de cobre - Foto: Fisco Gurupi

Um caminhão baú com 20 toneladas de sucata de cobre, vindo de Belém, Pará, com destino a Minas Gerais, foi apreendido na terça-feira, 17 de Agosto, na Regional de Gurupi. A apreensão foi autuada pelos auditores fiscais da Receita Estadual, com a participação da Polícia Militar do Estado do Tocantins e Polícia Rodoviária Federal. 

A carga, avaliada em R$ 760.800 reais, estava com documento fiscal inidôneo. A Nota Fiscal Eletrônica discriminava sucata de alumínio, mas as mercadorias efetivamente encontradas no caminhão eram sucata de cobre. Após regularizar a documentação, pagar impostos e multas, a mercadoria foi liberada. 

Participaram da operação de fiscalização: o delegado fiscal, auditor fiscal Marcos Antônio Maciel, o supervisor de fiscalização, auditor Moisés José de Barros, o gerente de fiscalização e auditor fiscal, Antônio Luiz Alves; os auditores fiscais de plantão do comando de fiscalização volante, Roberto Barros Coelho, José Mardônio Bezerra Feitosa e Elias Monteiro. 

A Secretaria da Fazenda alerta às empresas que transitam mercadorias pelo território tocantinense que a fiscalização está atenta e preparada para orientar sobre a legislação em vigor para operações de entrada, saída e em circulação no Estado, bem como para aplicar tais leis no combate à sonegação fiscal, fraudes e outros crimes contra a ordem tributária. “É o nosso papel fazer valer a legislação, o que oportuniza a concorrência leal, possibilita o crescimento das empresas e é salutar para o aumento da arrecadação do Estado, que, por vez, subsidia as ações em prol do bem-estar da população”, destaca o delegado de Gurupi, Marcos Maciel.

 

Edição: Arlete Carvalho

Revisão Textual:

Sucatas de cobre apreendidas - Fisco Gurupi
keyboard_arrow_up