Em Pedro Afonso, homem suspeito de descumprir medida protetiva e ameaçar ex-mulher é preso pela Polícia Civil

Homem teria fugido de Divinópolis e foi localizado na cidade de Pedro Afonso
por Rogério de Oliveira/Governo do Tocantins
-
Homem foi preso após ser localizado pela Polícia Civil em Pedro Afonso - Foto: Dennis Tavares/Governo do Tocantins

Uma ação conjunta realizada por policiais civis da 50ª Delegacia de Polícia (DP) de Pedro Afonso, com apoio de agentes da 55ª DP de Divinópolis, no início da tarde desta quinta-feira, 7, resultou na prisão de um homem de 33 anos. Suspeito de praticar o crime de violência doméstica, ameaça e também descumprir medida protetiva contra a ex-mulher no início do ano de 2021, em Divinópolis, o homem foi capturado em Pedro Afonso, mediante cumprimento a mandado de prisão preventiva expedido pela juíza da Comarca de Paraíso.  

A ação foi coordenada pelos delegados Manoel Frota Neto e Bernardo José Rocha Pinto. As investigações realizadas pelas equipes da 55ª DP de Divinópolis confirmaram que o indivíduo havia fugido para a cidade de Pedro Afonso no mês de maio, após ter conseguido escapar de uma abordagem policial.  

De acordo com o delegado Manoel Frota Neto, o homem teria sido preso no mês de abril por perseguir e ameaçar a ex-esposa. “Na ocasião, ele foi preso, mas após sair da prisão, cerca de um mês depois, voltou a procurar a vítima e continuou as ameaças”, afirmou o delegado. Capturado novamente, o homem ficou ferido ao tentar agredir sua ex-esposa e precisou receber atendimento médico no hospital municipal de Divinópolis, de onde acabou fugindo.

Diante dos reiterados descumprimentos das medidas protetivas a fim de que não se aproximasse ou mantivesse qualquer tipo de contato com sua ex-companheira, o delegado Manoel Frota Neto representou pela prisão preventiva do homem, a qual foi deferida.

Após descobrir o paradeiro do suspeito, os policiais civis de Divinópolis, por meio de compartilhamento de informações com as equipes da 50ª DP de Pedro Afonso, conseguiram efetuar a captura do homem. Após os procedimentos legais cabíveis, ele foi encaminhado à Unidade Penal de Guaraí, onde permanecerá à disposição do Poder Judiciário.

Edição: Alba Cobo

Revisão Textual: Marynne Juliate

keyboard_arrow_up