Saúde do homem é tema de palestra para servidores da Secad

Evento integra as ações relacionadas ao Novembro Azul
por George Gomes/Governo do Tocantins
-
Evento faz parte do calendário de ações desenvolvidas pela Junta Médica Oficial em apoio à campanha Novembro Azul. - Foto: Angélica Lima/Governo do Tocantins file_download

A manhã desta sexta-feira, 19, foi de palestra sobre saúde integral do homem, assunto abordado nas diversas campanhas alusivas ao Novembro Azul, para os servidores da rede estadual. O evento foi promovido pela Secretaria de Estado da Administração (Secad) e aconteceu no auditório do Instituto de Gestão Previdenciária (Igeprev).

Com o objetivo de desmitificar assuntos relacionados à saúde masculina e sensibilizar os homens sobre a importância de buscar a prevenção de doenças visando à redução de riscos e agravos, a palestra focou em colocar a informação acima do preconceito.

Em uma pesquisa realizada pela Sociedade Brasileira de Urologia (SBU), dados apontaram que 21% dos homens acreditam que o exame de próstata “não é coisa de homem”. Além disso, aqueles com mais de 60 anos de idade revelaram que não acham o exame relevante.

“Enquanto urologista, o preconceito é um dos meus maiores inimigos, se o conhecimento fosse propagado da forma correta muitos mitos já teriam sido erradicados. Quando tratamos da saúde do homem, ainda hoje percebemos que muitos não procuram, ou procuram o consultório tarde demais por conta de pensamentos” salientou o médico urologista, Giovanni Cintra que ainda acrescentou o fato de que não é possível prevenir a doença, mas é possível diagnosticá-la precocemente, aumentando em 90% a chance de cura.

O secretário da Administração, Bruno Barreto, destaca que a intenção é incentivar os homens a conversarem sobre estes temas. "É bastante significativo podermos promover esses encontros para que se possa discutir sobre esse tema ainda tão cheio de mitos, pois todos sabem da importância da prevenção ao câncer de próstata. Sobretudo, mostrar que o Estado dispõe de uma estrutura qualificada e um quadro de profissionais preparados para atender a população da maneira mais eficaz", ressaltou.

Edição: Wanderson Gonçalves

- Angélica Lima/Governo do Tocantins
keyboard_arrow_up