Administração discute processo que viabiliza o Plano de Cargo, Carreira e Remuneração do sistema Socioeducativo

Reunião com os representantes da Associação dos Servidores do Sistema Socioeducativo debateu as principais demandas da categoria
por Wanderson Gonçalves/Governo do Tocantins
-
Reunião discutiu processo que viabiliza o Plano de Cargo, Carreira e Remuneração do sistema Socioeducativo. - Foto: Angélica Lima/Governo do Tocantins file_download

A Secretaria de Estado da Administração (Secad) juntamente com representantes da Associação dos Servidores do Sistema Socioeducativo do Tocantins (Assoeto) estiveram reunidos na manhã desta quarta-feira, 10, para debater sobre o processo que viabiliza a elaboração de um Plano de Cargo, Carreira e Remuneração (PCCR), além de outras demandas relacionadas à categoria.

O secretário da Administração, Bruno Barreto, destacou a importância da reunião como forma de alinhar as propostas que viabilizem a criação do PCCR . “Nós, enquanto gestores temos o compromisso de buscar sempre melhorias que possam contribuir com os servidores. Sabemos que proporcionar avanços no sentido de valorização do trabalho da categoria do sistema Socioeducativo é extremamente importante, o Governo está empenhado em avançar neste quesito, primando sempre pelo diálogo e transparência”, ressaltou o gestor.

A presidente da Assoeto, Savya Maranhão, avaliou como positivo o encontro com o secretário, pois os representantes conseguiram expor as principais necessidades. “Esclarecemos todos os pontos e alinhamos as questões para avançarmos no processo da construção do Plano de Cargo, Carreira e Remuneração da categoria [PCCR], para isso, contamos com o apoio da Secad para dar celeridade no processo aqui na Pasta”, frisou.

Valorização

No último dia 26 de outubro, o governador Wanderlei Barbosa assinou a Medida Provisória (MP) que prorroga até outubro de 2022, o período de pagamento de indenizações instituído pela Lei Estadual n° 3.580/19, que fixou o valor de R$ 500 para Indenização por Sujeição ao Trabalho Penitenciário e Prisional (ISTPP) e para Indenização por Sujeição ao Trabalho de Atendimento Socioeducativo (Isteas).

A ISTPP abrange titulares de cargos de agente de execução penal e analista de execução penal do Sistema Penitenciário e Prisional Estadual; e a Isteas, os titulares de cargos de agente especialista socioeducativo, agente socioeducativo, motorista, técnico em enfermagem e agente de segurança socioeducativo.

keyboard_arrow_up