Secretaria da Agricultura realiza Dia Técnico da Mandiocultura na região Central do Estado

A mandioca é uma raiz altamente nutritiva, sendo um dos principais alimentos energéticos para mais de 700 milhões de pessoas especificamente nos países em desenvolvimento
por Elmiro de Deus/ Governo do Tocantins
-
O Tocantins tem aproximadamente quarenta e cinco mil agricultores familiares, e a cultura da mandioca é cultivada em praticamente todos os estabelecimentos rurais - Foto: Agricultura/Governo do Tocantins file_download

A mandioca é uma raiz altamente nutritiva, sendo um dos principais alimentos energéticos para mais de 700 milhões de pessoas especificamente nos países em desenvolvimento, na qual ajuda a combater a fome. Neste sentido, o Governo do Tocantins, por meio da Secretaria da Agricultura, Pecuária e Aquicultura (Seagro), e parceiros realizam o “Dia Técnico de Mandiocultura”, nesta quinta-feira, 14,  a partir das 9 horas, no Assentamento Lago Verde, município de Santa Rita do Tocantins, região Central do Estado.
De acordo com dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), essa cadeia produtiva vem crescendo no Tocantins, contamos com um cultivo de 15.160 mil hectares de área plantada, uma produção de aproximadamente 235 mil toneladas de mandioca e alcançamos uma produtividade média de mais de 16 mil quilos por hectare.
Segundo a Gerente de Agricultura da Seagro, Eliane Lagares, a atividade de produção da mandioca é importante fonte de renda ao produtor, devido às diversas formas de uso, caracterizando, assim, sua importância social. “Essa é uma ação da Secretaria da Agricultura  que visa o apoio e desenvolvimento das boas práticas agrícolas de produção e beneficiamento nas culturas da mandioca, e também do arroz e feijão no Tocantins”, explicou.
ONU
A Organização das Nações Unidas (ONU) decretou a mandioca como o alimento do século 21. Pode ser consumida de muitas maneiras, em forma de farinha, cozida, frita, em bolos e para fazer tapioca. É nutritiva, a raiz contem cálcio, magnésio, fósforo, potássio e vitamina C.
O evento  é direcionado a técnicos, produtores e interessados, fruto de um Convênio firmado entre o Governo do Estado, por meio da Seagro e o Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA). 
Parceiros
Participam também do evento, Prefeituras de Santa Rita do Tocantins, Cariri, Unicatólica, Embrapa, MAPA, Associação dos Médios e Pequenos Produtores e Produtoras Rurais do Projeto de Assentamento Lago Verde, Associação dos Pequenos Produtores Rurais do Projeto São Judas Thadeu e Cooperativa Agroindustrial Sul do Tocantins – (Cooper SUTO).

Programação
9h – Abertura
9h30m – Boas Práticas Agrícolas na Produção de Mandioca
(Eliane Regina Archangelo/Dra em Fitotecnia – Unicatólica

10h10m – Controle de Ervas Daninhas
(Valdinei Sofiatti/Dr. em Fitotecnia – Embrapa)

10h50m – Utilização da Mandioca e Subprodutos para Alimentação Animal
(Jonathan Chaves Melo/PhD em Ciência Animal Tropical – Unicatólica

11h30m – Como Aumentar a sua Renda com a Produção de Mandioca
(José Vieira Jucá/Engenheiro Agrônomo – Prefeitura de Cariri do Tocantins)

13h30m – Boas Práticas no Beneficiamento da Mandioca (Casa de farinha móvel)
(Verônica França/Engenheira de Alimentos - Seagro

keyboard_arrow_up