Tocantins realizou mais de 500 cirurgias pediátricas nos últimos dois anos

Números são da Central Estadual de Regulação e referem-se a procedimentos gerais e cardíacos
por Aldenes Lima/Governo do Tocantins
-
Números mostram avanço na assistência aos pequenos, em todo o Estado - Foto: Nielcem Fernandes - Governo do Tocantins

No ano de 2020 e até outubro de 2021 o Estado do Tocantins já realizou 510 cirurgias pediátricas gerais e cardíacas. Um avanço na assistência às crianças, com economicidade de recursos e redução do tempo de espera que angustiava centenas de famílias. Os dados são da Central Estadual de Regulação, da Secretaria de Estado da Saúde (SES-TO).

 

Os 331 procedimentos gerais foram feitos no Hospital Infantil de Palmas (297), Hospital Municipal de Araguaína (7) e Hospital Regional de Gurupi (15) e Hospital Regional de Augustinópolis (12). 

 

Os outros números são referentes às 105 cirurgias cardíacas pediátricas e 68 cateterismos. Os procedimentos abertos são realizados no Hospital Municipal de Araguaína, e as hemodinâmicas no Hospital Dom Orione, também em Araguaína e no Hospital Geral de Palmas.

 

Além disso, foram encaminhados para a Central Nacional de Alta Complexidade (CNRAC), 6 pacientes para cirurgias cardíacas pediátricas. “Estas transferências são casos pontuais, em que não há a possibilidade de realizar a cirurgia aqui no Estado. Temos um serviço implantado desde 2019 e que já salvou mais de uma centena de vidas”, destacou o titular da SES-TO, Afonso Piva.

 

Os pacientes com necessidades de cateterismo de urgência têm seus procedimentos realizados em Palmas e Araguaína, dependendo do local em que estiverem ou residirem, reduzindo tempo de deslocamento e gastos. Os procedimentos eletivos são feitos no Hospital Dom Orione, em Araguaína; e no HGP, em Palmas; seguindo um fluxo feito pela SES e obedecendo a fila criada pela Central de Regulação do Estado.

Edição: Dock Jr/Governo do Tocantins

Revisão Textual: Dock Jr/Governo do Tocantins

Estado mantém serviços de cirurgias pediátricas em funcionamento - Luciana Barros-Governo do Tocantins
keyboard_arrow_up