Ruraltins e parceiros encerram com sucesso capacitação em fruticultura na região sudeste do Tocantins

Ação contemplou mais de 30 extensionistas rurais e um grupo de estudantes
por Lúcia Brito/Governo do Tocantins
-
O treinamento contou com visita técnica em lavoura de maracujá - Foto: Lúcia Brito/Governo do Tocantins

O Governo do Tocantins, por meio do Instituto de Desenvolvimento Rural do Tocantins (Ruraltins) e em parceria com o Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), encerrou nessa quinta-feira, 30, no Distrito de Irrigação Manuel Alves (Dima), em Dianópolis, o treinamento em fruticultura voltado às culturas da banana e do maracujá. A ação contemplou mais de 30 extensionistas rurais e um grupo de estudantes dos cursos de Agronomia, da região sudeste, contando com aulas teóricas e visitas práticas em unidades produtivas instaladas no Manuel Alves.

A formação teve como objetivo qualificar os técnicos do órgão, para serem multiplicadores de novas tecnologias em todas as regiões do Tocantins na área de fruticultura, sendo conduzida pelo técnico em fruticultura, Valdinei Silva; e pelo engenheiro agrônomo Delmácio Antunes.

A programação envolveu todo processo produtivo, gestão, planejamento, viabilidade econômica e mercado. A engenheira agrônoma Conceição dos Santos Nascimento destacou a importância do momento. “Enriqueci bastante meus conhecimentos e vou levar esse aprendizado para os produtores do município que atendo, que é Itaguatins. Lá, uma grande quantidade de agricultores familiares está investindo na área de fruticultura, principalmente nessas cadeias, foco do treinamento”, afirmou.

Para o extensionista Joaquim Ferreira da Costa, da cidade de Pium, o treinamento é um incentivo à produção no campo. “É algo que vem ao encontro dos anseios de muitos agricultores que assistimos e necessitam da assistência técnica que o Ruraltins presta a eles, nas boas práticas produtivas. O órgão vem avançando nessa área de capacitações e tem trazido novos conhecimentos que vamos com certeza disseminar lá na ponta”, observou.

O estudante do último período do curso de Agronomia, do Instituto Federal do Tocantins, Lincon Soares, afirma que “foi uma ótima oportunidade para conhecer com mais profundidade as formas de plantio da banana e do maracujá, vendo na realidade as produções comerciais do Distrito Manuel Alves”.

O palestrante Delmácio Antunes observou que novas ferramentas foram apresentadas aos participantes para otimizar os atendimentos aos produtores e melhorar os resultados dos plantios. “Foi muito oportuno esse encontro com todos os técnicos que têm uma capilaridade muito grande no Estado inteiro e são especialistas em agricultura familiar”.

Delomácio Antunes ressaltou que, durante o período, foram alinhados, discutidos e nivelados os conhecimentos nessas culturas, muito importantes, que são o maracujá e a banana. “Demos ênfase na parte de comercialização, que é um grande gargalo e inviabiliza muitas atividades no campo. O nosso foco sempre é o produtor, principalmente o agricultor familiar, que enfrenta dificuldades na questão logística, bem como na questão de dar sequência ao que está iniciando, isso reflete no fornecimento ao consumidor final, pois temos que atender as exigências do mercado. Por isso, conversamos e refletimos novas tecnologias produtivas e maneiras de atendimento para atingir melhores resultados”, avaliou.

A capacitação em fruticultura ocorreu de terça a quinta-feira, 28 a 30 de setembro, com organização dos extensionistas Jobson Santana de Sousa e Elisângela Maria Lopes. 

O curso cumpre metas do Convênio Oportunidade nº 839847/2016, firmado entre Governo do Tocantins e Mapa, que assiste 800 famílias de agricultores familiares com renda de zero a quatro salários mínimos, e conta com a participação de 100 técnicos que prestam assistência técnica, acompanhando de perto o desenvolvimento das atividades do agricultor participante, além de promover a implantação de Unidades de Referências Tecnológicas (URTs) e a realização de dias de campo.

Edição: Lenna Borges

Revisão Textual: Marynne Juliate

Os profissionais foram capacitados para atuar em todas as regiões do Tocantins - Lúcia Brito/Governo do Tocantins
Visita de técnicos à unidade produtiva de bananas - Lúcia Brito/Governo do Tocantins
Capacitação técnica em fruticultura no Distrito de Irrigação Manuel Alves - Lúcia Brito/Governo do Tocantins
Ação contemplou mais de 30 extensionistas rurais e um grupo de estudantes - Lúcia Brito/Governo do Tocantins
keyboard_arrow_up