Governo do Tocantins e Ulbra-TO assinam Termo de Cooperação para o desenvolvimento rural do Estado

Parceria visa desenvolver pesquisas agropecuárias, gerar tecnologias e inovações em benefício da sociedade
por
-
Foto Delfino Miranda (1).JPG

O Governo do Tocantins, por meio do Instituto de Desenvolvimento Rural do Tocantins (Ruraltins), e o Centro Universitário Luterano de Palmas (Ceulp/Ulbra) firmaram, na manhã desta quarta-feira, 2, parceria para juntos desenvolverem plataformas voltadas para o fomento das cadeias produtivas no Estado. 

O Termo de Cooperação Técnica foi celebrado pelo presidente do Ruraltins, Fabiano Miranda, e o reitor do Ceulp/Ulbra, Marcelo Müller, com a presença da professora Conceição Previero; do diretor de Tecnologia, Ciência e Inovação, Kin Gomides, e da gerente de Agroecologia do Ruraltins, Dryelly Rodrigues.

Segundo o gestor Fabiano Miranda, a formalização dessa parceria visa fortalecer a troca de experiências, além de articular e fomentar espaços de interlocução e desenvolvimento de novas pesquisas no âmbito da agropecuária. “Nessa parceria, nossa proposta é somar esforços junto à instituição de ensino no sentido de desenvolver pesquisas agropecuárias, gerar tecnologias e inovações que vão propiciar soluções competitivas para o desenvolvimento rural e territorial sustentável do Tocantins em benefício da sociedade”, frisou.

Para o reitor Marcelo Muller, a questão social é uma característica da instituição, e fazer parte dessa proposta de desenvolvimento da agricultura no Tocantins é um privilégio. “Para nossa instituição esse termo de compromisso formaliza algo que já ocorre há mais de dez anos, e é um privilégio poder participar e colaborar com a nossa comunidade nessa área tão intensa no Tocantins, que é a agropecuária. Nós, enquanto instituição que trabalha com o ensino, a pesquisa e a extensão, temos muito a colaborar e continuar dando suporte e apoio por meio dessa parceria, construindo história, fortalecendo a agricultura e principalmente, levando o nosso Tocantins para o Brasil e para o mundo”, destacou.

Ao final do encontro, o diretor Kin Gomides convidou o reitor Marcelo Müller e a professora Conceição Previero para conhecerem os projetos que estão sendo implantados na Unidade de Pesquisa e Extensão Rural, no Centro Agrotecnológico do Tocantins (Agrotins). Com foco no fortalecimento das cadeias produtivas prioritárias do Estado, o novo empreendimento ocupa uma área de 50 hectares, com a instalação, para este ano, de 15 projetos de pesquisas, entre eles o arroz consorciado com pastagem, feijão, café, maracujá, pimenta, mandioca, acaí, cupuaçu, entre outros, que servirão de vitrines de experimentações, treinamentos e dias de campo voltado aos produtores rurais para replicação em suas propriedades.

Foto Delfino Miranda (18).JPG -
Foto Delfino Miranda (6).JPG -
keyboard_arrow_up