Governador Mauro Carlesse anuncia projetos agrícolas para a Comunidade Quilombola Barra do Aroeira

Ruraltins vai desenvolver projetos voltados para o cultivo e o processamento da mandioca, bem como para a atividade de apicultura
por Edvânia Peregrini/Governo do Tocantins
-
Em entrega de títulos à comunidade quilombola Barra do Aroeira, governador Mauro Carlesse anuncia também implantação de projetos agrícolas - Foto: Ruraltins/Governo do Tocantins

Na manhã desta sexta-feira, 3, a comunidade tradicional Quilombola Barra do Aroeira, situada no município de Santa Tereza, recebeu os títulos definitivos de uma área correspondente a mil hectares do seu território. O documento foi entregue pelo governador do Tocantins, Mauro Carlesse, que além dos títulos, anunciou diversos benefícios destinados à comunidade e região, dentre eles, a implantação, por meio do Instituto de Desenvolvimento Rural do Tocantins (Ruraltins), de projetos voltados para o cultivo e processamento da mandioca, além da atividade de apicultura.

Para a implementação do projeto voltado para o cultivo de mandioca, o órgão está com um viveiro na Agrotins para a produção de 5 mil mudas da planta. Além de estimular o seu cultivo, o Ruraltins vai oferecer também suporte ao produtor na instalação de agroindústria para o processamento da mandioca in natura e na produção de farinha.

Na ocasião, o presidente do Ruraltins, Fabiano Miranda, acompanhado do diretor de Ciência, Tecnologia e Inovação, Kin Gomides, entregou mais de 50 mudas de mandioca aos produtores Orlando e Patrícia Maria Rodrigues. Ela e o esposo já recebem assistência técnica do Ruraltins e trabalham na produção de farinha de mandioca.

“Para nós, é motivo de alegria e muita gratidão receber o tão sonhado título de regularização da nossa terra, e principalmente poder contar com o apoio do Governo e do Ruraltins com a entrega dessas mudas que vão ajudar no nosso negócio”, afirmou a produtora.

Segundo o presidente do Ruraltins, Fabiano Miranda, a demanda de farinha de mandioca sinalizou a viabilidade do projeto. “Muito do que é comercializado hoje vem de fora, sendo que podemos produzir a nossa farinha aqui no Estado e com qualidade”, explicou.

Já o projeto de apicultura para criação de abelhas com ferrão é fruto de uma parceria público-privada para fomentar a cadeia na região. “Nosso planejamento é promover um curso de apicultura básica para agricultores da região, visando despertar essas práticas que além de ecologicamente sustentáveis, vai gerar renda às famílias”, adiantou o gestor, reforçando o empenho do Governo do Tocantins em dar condições aos pequenos produtores de produzir e viver do que produzem.

Sobre os títulos, a ação vai beneficiar cerca de 120 famílias compostas por cerca de 1,2 mil pessoas que vivem da agropecuária e do extrativismo local.

A solenidade de entrega contou com a apresentação de Genésio do Tocantins e Braguinha Barroso e de artistas locais quilombolas, além da presença de diversas autoridades, dentre elas o deputado federal Carlos Gaguim; o prefeito de Santa Tereza, Antônio Campos; secretários, prefeitos da região e vereadores.

Edição: Luiz Melchiades

Revisão Textual: Marynne Juliate

Durante o evento, o presidente do Rutaltins, Fabiano Miranda, entregou mais de 50 mudas de mandioca aos produtores Orlando e Patrícia Maria Rodrigues - Ruraltins/Governo do Tocantins
Ação vai beneficiar cerca de 120 famílias compostas por cerca de 1,2 mil pessoas que vivem da agropecuária e do extrativismo local - Ruraltins/Governo do Tocantins
keyboard_arrow_up