Extensionistas do Ruraltins recebem capacitação técnica sobre cultivo de banana e maracujá

Ação cumpre metas do convênio Oportunidade firmado entre Governo do Tocantins e Mapa
por Lúcia Brito/Governo do Tocantins
-
O engenheiro agrônomo Delmacio Antunes, conduz as discussões em torno da cultura da banana - Foto: Lúcia Brito

O Instituto de Desenvolvimento Rural do Tocantins (Ruraltins) em parceria com o Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) ministra capacitação técnica em fruticultura, no Distrito Irrigado Manuel Alves (Dima), localizado em Dianópolis, na Região Sudeste do Tocantins. O treinamento, que segue até a próxima quinta-feira, 30, tem ações voltadas para técnicos do órgão nas produções de banana e maracujá, com explanações respectivamente do engenheiro agrônomo Delmácio Antunes e Valdinei Silva, técnico em fruticultura.

A abertura das atividades ocorreu na manhã desta terça-feira, 28, com a participação do gestor do Ruraltins, Fabiano Miranda, do diretor de Assistência Técnica e Extensão Rural, Marco Aurélio Vaz, do Supervisor Regional de Taguatinga, Lindomar Pereira, e do Gerente Executivo do Dima, Patrick Diogo Antunes. 

Na ocasião o presidente, Fabiano Miranda, ressaltou todo esforço da extensão rural em superar os desafios impostos pela pandemia, no sentido de cumprir as atividades e entregar bons resultados aos produtores rurais. “Nosso foco é qualificar cada vez mais o corpo técnico do Ruraltins para que promovam a segurança alimentar das famílias e a geração de renda no campo. A Fruticultura é uma atividade crescente no Tocantins e os conhecimentos adquiridos durante esse treinamento serão multiplicados nas propriedades rurais. Sempre estou à disposição de todos os extensionistas para somar e fortalecer a assistência técnica  e consequentemente o Ruraltins”, frisou.

O diretor Marco Aurélio Vaz deu sua contribuição  falando das parcerias na esfera publica e privada,  demonstrando que “a extensão rural vive um momento de resgate, motivação, reestruturação das atividades em todas as áreas, priorizando e valorizando o corpo técnico”.

Bananicultura 

O enfoque na cultura da banana marcou o inicio dos trabalhos. Com uma abordagem bem interativa, o engenheiro agrônomo Delmacio Antunes conduziu as discussões mostrando, dentre vários aspectos, as formas de planejamento, como tirar mudas de um bananal, como aplicar a adubação correta para garantir os nutrientes necessários, o combate as pragas na lavoura e a comercialização da fruta.

“A banana é uma das frutas mais consumidas no Brasil e no mundo, por isso merece toda atenção, compartilhamento de informações e experiências.  E sendo a fruta  mais consumida dá para viabilizar grandes negócios. E principalmente nós que somos extensionistas devemos dar muita importância a essa cadeia, que tem grande relevância social e econômica no meio rural”, frisa o engenheiro agrônomo. 

Cumprindo a programação do treinamento também haverá visitas aos produtores de banana do Distrito de Irrigação Manuel Alves para troca de experiências e conhecimento da realidade local.

O curso cumpre metas do Convênio Oportunidade, nº 839847/2016, firmado entre Governo do Tocantins e Mapa, que assiste 800 famílias de agricultores familiares com renda de zero a quatro salários mínimos, e conta com a participação de 100 técnicos que prestam assistência técnica, acompanhando de perto o desenvolvimento das atividades do agricultor participante, além de promover a implantação de Unidades de Referências Tecnológicas (URT’s) e a realização de dias de campo.

O diretor Marco Aurélio Vaz destaca parcerias na esfera publica e privada, - Lúcia Brito
Presidente, Fabiano Miranda, ressalta esforço da extensão em cumprir as atividades e entregar bons resultados aos produtores rurais. - Lúcia Brito
keyboard_arrow_up