PGE dá posse a dois novos procuradores nesta sexta, 27

por Thelma Maranhão
-
Solenidade remota de posse de novos procuradores do Estado - Foto: Reprodução

Às 11h, desta sexta-feira, 27, o Conselho de Procuradores da Procuradoria Geral do Estado, deu posse a dois novos procuradores aprovados no terceiro concurso da Instituição. O Certame foi realizado e homologado nos anos de 2018 e 2019, graças ao empenho do governador do Tocantins, Mauro Carlesse. A solenidade virtual, foi prestigiada pelos procuradores, servidores e familiares dos empossandos.

Willian Vanderlei de Andrade, natural de Ariquemes-Rondônia, e Tamires Assis Celestino, de Bauru, São Paulo, deixam para trás a sua terra natal e passam a figurar na imensa lista de tocantinenses de coração que aportaram aqui, fincaram os pés e, hoje, chamam o Tocantins de seu.

Como bem frisou Willian Andrade em seu discurso de posse, "nos tornamos, a partir deste momento, fiduciários daqueles que trabalharam por esse sonho de liberdade e, como eles, temos orgulho de proclamar, como expressa o brasão deste Estado: “Essa terra também é nossa".

O secretário-chefe da Casa Civil do Estado, Rolf Vidal, em mensagem destacou que a Procuradoria Geral, como guardiã do interesse público, papel que desempenha com zelo e competência, tem recebido da gestão estadual apoio na recomposição dos seus quadros, por entender que, a despeito de todos os avanços tecnológicos, o capital humano ainda é o pilar mais importante de uma instituição.

A presidente em exercício da Associação de Procuradores do Tocantins (Aproeto), Irana Coelho, lembrou que ao longo dos tempos, com o aumento de demandas e aposentadoria de seus pares, a PGE passou por um momento delicado com a defasagem do quadro, sem, contudo, deixar de atuar conforme atribuição que lhe é conferida por lei, mas que vem sendo suprida com a posse dos colegas aprovados no último concurso.

Cumprindo o papel de entidade classista, ela lembrou que a Aproeto contribuiu para a realização do certame, e continua trabalhando nas questões que lhes são afetas, visando o interesse e a valorização da carreira.

Reforçando as boas vindas, o procurador-geral interino, Márcio Junho Câmara Pires Câmara, desejou que os colegas "sejam acolhidos, envolvidos e absorvidos – de forma positiva – pela nova atribuição que passam a exercer e pela hospitalidade do povo tocantinense.

Márcio Junho reiterou que a advocacia pública tem função altamente relevante na aplicação do sistema normativo, e dentro deste desafio, assegura-se o livre exercício da liberdade, do bem-estar, da segurança, do desenvolvimento, da igualdade e da Justiça. "A melhor defesa para o Tocantins é discreta na maior parte das vezes, mas garante, indiscutivelmente, resultados para o cidadão tocantinense", observou.

A exemplo das duas últimas posses, esta solenidade ocorreu de forma remota, em respeito às orientações de distanciamento por conta da pandemia da Covid 19, e foi transmitida pelo YouTube, cujo evento se encontra gravado e disponibilizado o acesso a qualquer tempo.

*Quem são eles?

Willian Vanderlei de Andrade, pós graduado em Direito Constitucional e Civil, foi advogado, analista do Tribunal de Justiça do Estado de Rondônia e da Justiça Federal, Seção Judiciária de Rondônia. É casado com a professora Mirian Carla e pai de Pablo e Otávio.

Tamiris Assis Celestino, é paulista, da cidade de Bauru. Exerceu os cargos de procuradora dos municípios de Arealva e de Bauru/SP.  Graduada pela Instituição Toledo de Ensino de Bauru  - ITE,  possui pós- graduação em Direito Tributário e Direito Administrativo. É casada com o médico Thiago Luís Karg Quirino.

Edição: Jocyelma Santana

Revisão Textual:

O Secretário-Chefe da Casa Civil Rolf Vidal parabenizou os novos procuradores e agradeceu o empenho de todos os demais servidores da PGE/TO na defesa do Tocantins. - Reprodução
Márcio Junho Pires Câmara conduziu a solenidade como Procurador-Geral do Estado interino. - Reprodução
Dra. Tamiris Assis Celestino é paulista e passa a integrar o quadro da PGE - Elyane Monteiro
O Procurador do Estado Willian Vanderlei de Andrade é natural de Ariquemes(RO), já foi analista do TJ/RO e da Justiça Federal. - Divulgação
keyboard_arrow_up