Discurso de Posse - Dr. William Vanderlei de Andrade - 27/08/2021

por Jocyelma Santana
-
William Vanderlei de Andrade

Excelentíssimo Sr. Procurador Geral Márcio Junho Pires Câmara, em nome de quem cumprimento todos os colegas que compõem a Procuradoria Geral do Estado. 

Em nome de minha esposa, Mirian Carla Longo Pimenta, cumprimento os familiares e amigos que assistem a essa solenidade. Muito bom dia a todos! 

“Mais fundamental que o amor é a liberdade! 

A liberdade é o alimento do amor! 

O amor é pássaro que não vive em gaiola! 

Basta engaiolá-lo para que ele morra! 

Ter ciúme é reconhecer a liberdade do amor! 

O desejo de liberdade é mais forte que a paixão! 

Pássaro eu não amaria quem me cortasse as asas! 

Barco eu não amaria quem me amarrasse no cais!” 

Rubem Alves 

Esse é um poema de Rubem Alves, e que fala sobre a LIBERDADE. A liberdade é um anseio humano tão basilar quanto o desejo de viver e é o tema que se nota mais proeminente ao visitar a história do Estado do Tocantins. 

Trata-se de questão que se verifica desde o período colonial e que representa o desejo do povo Tocantinense pela conquista do território que hoje corresponde ao Estado. 

É evidente, isso não poderia ser feito sem muito empenho, e desde a autorização para alteração da sede da Comarca do Norte da então Capitania de Goiás, fundando-se a Vila de São João da Palma, até a criação deste grandioso Estado, em 05 de outubro de 1988, muitas lutas, perdas e esforços descomunais foram empreendidos para que esse “sonho secular”, enunciado pelo hino do Estado, se realizasse. 

Mas a liberdade e a independência que dela resulta não são bens que se obtém em definitivo. São conquistas graduais e que exigem um trabalho contínuo para que sua implementação seja efetiva e cada vez mais forte. 

Nesse passo, sobressai a atuação da Procuradoria do Estado do Tocantins, que há mais de 30 anos atua na condição de função essencial à justiça, de modo a angariar ao Estado os recursos e prover a orientação jurídica de que necessita para crescer. 

Neste momento, orgulhamo-nos, Dra. Tamiris e eu, em compor esse quadro de bravos homens e mulheres que aqui se encontram e que por aqui já passaram. 

Nossa chegada até aqui se assemelha, com as devidas proporções, às dificuldades pelas quais passou e passa esse grandioso Estado em sua busca pela plena liberdade. Preparar-se para o disputado concurso público exigiu-nos acentuado empenho, incontáveis renúncias e o auxílio indispensável dos familiares e amigos que nos conduziram até aqui. Nenhum resultado sólido se faz sozinho. À nossa família e a todos aqueles que nos apoiaram, nossos profundos agradecimentos. 

Cabe-nos agora honrar o trabalho feito por aqueles que nos apoiaram e pelos profissionais que nos antecederam, firmando nosso compromisso com o povo deste Estado na luta contínua pelo seu desenvolvimento. 

Sim, defender o Estado do Tocantins também é defender seu povo, na medida em que significa atuar para que o equilíbrio e a justiça prevaleçam, missão para a qual rogamos a Deus que nos ilumine e nos dê a sabedoria e discernimento necessários. 

Neste contexto de celebração, devemos agradecer a todos os envolvidos pela receptividade, competência e elevado espírito público com o qual conduziram nossa investidura nesse importante cargo. 

Esperamos corresponder à altura, cientes da grandiosidade da missão. 

Não os desapontaremos. Nos tornamos, a partir deste momento, fiduciários daqueles que trabalharam por esse sonho de liberdade e, como eles, temos orgulho de proclamar, como expressa o brasão deste Estado: “Essa terra também é nossa”. Muito Obrigado. 

keyboard_arrow_up