Operação Tolerância Zero suspende 12 festas clandestinas em Gurupi

Ação do Governo do Tocantins proíbe a realização de eventos para evitar aglomeração de pessoas
por Patricia de Paiva/Governo do Tocantins
-
Forças de segurança têm atuado para evitar aglomerações e festas clandestinas - Foto: Segurança Pública/Governo do Tocantins

Em continuação das ações da operação Tolerância Zero, as forças de segurança realizaram no sábado, 22, em Gurupi, mais de dez inspeções e orientações de rotina, três multas de infração e duas notificações sanitárias, três termos circunstanciados de ocorrência e 12 festas clandestinas foram suspensas. A ação faz parte de um pacote de medidas do Governo do Tocantins que proíbe a realização de eventos de qualquer natureza, visando evitar a aglomeração de pessoas e garantir o cumprimento do decreto estadual.

A diretora de Polícia do Interior, delegada Melícia Resende Ganzaroli, ressaltou que mesmo essas operações sendo recorrentes, ainda falta a cooperação da população para que aglomerações sejam evitadas. “As forças de segurança têm atuado de maneira punitiva, dentro da lei, mas a sociedade precisa colaborar no sentido de evitar as aglomerações e as festas clandestinas”, destacou.

A operação foi deflagrada pela Polícia Civil do Tocantins, pela Polícia Militar, pelo Corpo de Bombeiros, pelo Programa de Proteção e Defesa do Consumidor (Procon), pela Agência Municipal de Trânsito e Transporte de Gurupi (AMTT) e pela Prefeitura de Gurupi.

Outras cidades

A operação também ocorreu em outros municípios como Palmas, Araguaína, Paraíso do Tocantins, Pedro Afonso, Araguatins, Colinas e Lagoa da Confusão.

Operação Tolerância Zero tem resultados expressivos em Gurupi, 12 festas clandestinas foram suspensas - Segurança Pública/Governo do Tocantins
keyboard_arrow_up