Fórum de secretários da Administração debate reforma administrativa e modelos de governança

Evento debate temas importantes da gestão pública no país
por Wanderson Gonçalves/Governo do Tocantins
-
Durante o evento, o secretário Bruno Barreto reforçou a importância da troca de experiência entre os estados - Foto: Ascom Consad

O Conselho Nacional de Secretários de Estado da Administração (Consad) iniciou, nessa quinta-feira, 23, o 119º Fórum Nacional de Secretários da Administração, de forma presencial, em Brasília (DF). O encontro, que ocorre trimestralmente, prossegue até esta sexta-feira, 24, e reúne 22 secretários e líderes estaduais e distrital.

No primeiro dia, os gestores debateram a elaboração de uma agenda para construção de uma proposta de Reforma Administrativa ampla para a modernização da gestão pública nos estados e no Distrito Federal, tema abordado pelos especialistas Ricardo Oliveira e Daniel Ortega. Na sequência, foi apresentada a construção de um modelo de governança para transição dos governos estaduais e distrital em 2022 e 2023, discutidos por André Macieira e Daniel Ortega. 

O secretário de Estado da Administração do Tocantins e também integrante do Conselho Fiscal do Consad, Bruno Barreto, ressaltou a importância do debate realizado pelos gestores dos estados, no que tange à apresentação dos temas abordados no encontro. “É um debate enriquecedor e inovador que vai conectar o gestor com a realidade dos demais estados membros do Consad, convergindo inclusive em informações para abastecer os diálogos e discussões temáticas dentro do nosso Estado”, frisou. 

O gestor da Secad acrescentou ainda que o Consad é um protagonista na discussão dos grandes temas da administração. “Desenvolvemos pesquisas e indicadores para uma gestão cada dia mais eficiente e um compartilhamento de boas práticas perante os desafios que cada estado está enfrentando”, enfatizou. 

Programação

Nesta sexta-feira, 24, os debates prosseguem durante todo o dia, e foram iniciados no período da manhã com a apresentação e a discussão de metodologia de diagnóstico para o levantamento dos principais desafios da gestão pública, dos governos estaduais e distrital, para o período de 2022 a 2030. O painel ficará por conta do professor Francisco Gaetani, da Fundação Getúlio Vargas. 

Os secretários discutiram ainda sobre a importância da capacitação para gestores e líderes estaduais para a coordenação e implantação da agenda estratégica de governo. O painel foi comandado pelo representante do Centro de Liderança Pública, Humberto Dantas. 

A programação debate ainda a realização de discussões sobre outros assuntos que são importantes para a gestão pública brasileira. Em pauta, temas como a Proposta de Emenda Constituição (PEC) 173/2020, que versa sobre medidas relativas ao enfrentamento à covid-19; a compensação previdenciária dos militares; e os impactos sobre os programas para modernização da gestão pública da alteração da Portaria nº 501 do Ministério da Fazenda, que indica a metodologia de classificação da capacidade de pagamento de Estados, Distrito Federal e Municípios. 

Com informações da Ascom Consad

Evento ocorre de forma presencial em Brasília seguindo todas as medidas de biossegurança - Ascom Consad
keyboard_arrow_up