Operação integrada de fiscalização ambiental apreende animais silvestres abatidos em Arapoema

Durante o mandado de busca, além da variedade de animais silvestres abatidos, oriundos da caça ilegal, também foi apreendida uma arma de fogo e mais multas poderão ser aplicadas ao final da apuração
por Cleide Veloso/Governo do Tocantins
-
Naturatins e Policia Civil de Arapoema realiza operação integrada de fiscalização ambiental em Arapoema

Na sexta-feira, 28, após várias denúncias, o Instituto Natureza do Tocantins (Naturatins) e a Delegacia de Polícia Civil de Arapoema recebeu o mandado de busca, para realizar uma operação conjunta, com objetivo de coibir a caça ilegal e o tráfico de animais silvestres, no município. Com o suspeito, além da variedade de animais silvestres abatidos, também foi apreendida uma arma de fogo.

Segundo informação da 38ª Delegacia da Polícia Civil, o Poder Judiciário expediu o mandado de busca e apreensão na residência do suspeito investigado. No local foram encontradas carnes de jacaré, caititu, veado, tatu e paca, além de uma arma de fogo e várias munições. O suspeito foi preso em flagrante e conduzido à sede da delegacia, para prestar esclarecimentos e foi autuado por crime ambiental.

Os fiscais ambientais da Diretoria Regional do Naturatins em Araguaína lavraram auto de infração no valor de R$ 3,5 mil, em desfavor do suspeito e os produtos apreendidos foram inutilizados e descartados no aterro sanitário. Em seguida, a equipe seguiu para outros endereços, onde os moradores se disponibilizaram a realizar a entrega voluntária de animais silvestres mantidos em cativeiro.

Os fiscais ambientais do Naturatins Orleans S. Oliveira e Reginaldo A. de Sousa contam relatam que após o recolhimento, os animais foram avaliados e não apresentavam sinais de maus tratos ou problemas que impedisse o transporte, sendo entregues na sede do Batalhão da Polícia Militar Ambiental (BPMA) de Araguaína. Durante toda a operação também foi realizado o trabalho educativo e de sensibilização ambiental acerca da preservação da fauna e uso sustentável dos recursos naturais. 

Fiscais do Naturatins aplicam multa de R$ 3,5 mil em flagrante de crime ambiental.jpg -
Sem sinais de maus tratos, os animais recebidos na entrega voluntária foram encaminhados ao BPMA de Araguaína.jpg -
Moradores fazem entrega voluntária de animais silvestres durante operação.jpg -
keyboard_arrow_up