Empresário assume responsabilidade ambiental em Cooperação com o Naturatins

por Cleide Veloso / Governo do Tocantins
-
Empresário assume responsabilidade ambiental em Cooperação com o Naturatins
Assinatura do Termo de Cooperação - Foto: Cleide Veloso / Governo do Tocantins

Apaixonado pelas riquezas naturais e pela vida selvagem das espécies do Estado, o proprietário do Frigorífico Piracema, no município de Almas, Tarik Azevedo, firma parceria com Governo do Estado, por meio do Instituto de Natureza do Tocantins (Naturatins), com a adesão do Termo de Cooperação para Conservação e Soltura de Animais Silvestres. O documento, inicialmente tem vigência de 48 meses, podendo ser prorrogado por igual período.  

Como parceiro da iniciativa privada e também proprietário da Fazenda Alternativa, localizada no mesmo município da empresa, o empresário paulista se compromete com a construção de recintos de aclimatação e manutenção, nessa propriedade, da estrutura que vai receber e manter, por tempo determinado, animais silvestres encaminhados, exclusivamente, pelo Instituto, para colaborar com projetos de soltura e conservação de espécies.   

O presidente do Naturatins, Hebert Brito Barros (Buti), afirmou que essa é uma das formas que a iniciativa privada pode assumir um compromisso de responsabilidade ambiental e social. “Existem muitas outras formas de colaborar com a fauna, a flora e outras riquezas naturais do Estado, que podem ser estudadas quanto à orientação legal necessária para uma adesão de cooperação. E ao mesmo tempo que o cooperador da iniciativa privada assume uma responsabilidade ambiental, assume com compromisso com a colaboração para o bem estar da sociedade, a partir da sua contribuição, para a conservação e equilíbrio do nosso ecossistema”, resumiu o presidente.

Sem conter o sorriso de satisfação, o empresário Tarik de Azevedo revela que essa é a realização de um sonho. “Esse é um desejo que já vinha idealizando há algum tempo, porque tenho paixão pela natureza e pela vida selvagem. Hoje me sinto realizado, por dar o primeiro passo, rumo a muitos outros projetos, que quero efetivar em benefício do meio ambiente. Existem coisas simples, que tem uma importância enorme e espero servir de incentivo à outros empresários que tenha essa mesma vontade de colaborar, com as riquezas naturais tocantinenses”, declarou Azevedo.

A assessora Jurídica do Naturatins, Dra. Luiza Abreu, acompanhou a assinatura do documento. “Nesse documento estão previstos os direitos e obrigações assumidas pela empresa, por meio de seu representante, onde também assume o compromisso de disponibiliza uma propriedade e prover a manutenção de todos os elementos, adequados as características necessárias que o qualifica como um cooperador”, pontuou a advogada.

O engenheiro ambiental e Diretor de Biodiversidade e Áreas Protegidas do Instituto, Maurício Araújo, vem coordenando a adesão, da iniciativa privada, ao projeto. “A proteção, recuperação, reabilitação e retorno de espécies silvestres a seu habitat natural, no Tocantins, ainda não dispõe de estrutura e nem de recursos do Governo do Estado para incentivo à sua realização. Nós possuímo o conhecimento especializado que pode orientar e monitorar os procedimentos, bem como as autorizações que podem ser concedidas para permissão de nossos colaboradores ou suspensas em caso de irregularidade”, afirmou o diretor.    

A médica veterinária e supervisora de fauna do Naturatins, Grasiela A. Pacheco, fala da importância da parceria com o setor privado. “Animais que são reabilitados precisam de um local favorável para a soltura gradativa. Durante um período é necessário o fornecimento de alimentos adequados para garantir o sucesso do retorno a natureza. Os parceiros são nossos aliados, neste trabalho, que tem o objetivo de reverter os efeitos da perda do contato de animais silvestres, com seu habitat natural, em consequência de queimadas, desmatamentos, atropelamentos, tráfico, caça, o que pode provocar a redução ou extinção de espécies”, reiterou a supervisora.

Investimento ambiental

Na companhia do representante do Frigorífico Piracema, no Tocantins, o engenheiro de Alimentos e gerente Valtei Valadares Rosa, o proprietário da empresa, Tarik Azevedo contou que esse não é o primeiro projeto em benefício do meio ambiente, que a empresa participa. Ele já deu suporte a ações em benefício de 50 papagaios, 02 cachorros do mato e ao projeto que cuida do pato mergulhão, ave silvestre, típica do bioma tocantinense.

Empresa

O Frigorífico Piracema é uma empresa fundada no ano de 2008, com sede no Estado, na cidade de Almas, a 300km da capital Palmas, juntamente com o Projeto Piracema, que é especializado na criação e processamento de espécies de peixes nativos brasileiros, especialmente aqueles provenientes da Bacia Amazônica.  

keyboard_arrow_up