Governo do Tocantins leva conhecimento científico para Agrotins 2021

Ciência, Tecnologia e inovação no segmento do agronegócio tem viabilizado soluções econômicas, custo benefício, produtividade aos empreendedores do segmento da agricultura, além de saúde a sociedade
por Geórgya Laranjeira Correa / Governo do Tocantins
-
Cientistas do Tocantins tem se empenhado no desenvolvimento de estudos que favorecem a saúde da comunidade através do potencial agronômico do Estado - Foto: Nonato Silva/Governo do To

Público da 21ª Feira Agrotecnológica de Tocantins - Agrotins 2021, contará com informações de cunho científico na área do agronegócio. Trata-se de estudos que estão em execução por pesquisadores de instituições de ensino superior público e privada que tiveram apoio da Financiadora de Estudos e Projetos (Finep) por meio da Fundação de Amparo à Pesquisa do Tocantins (Fapt). O evento será gratuito com transmissão 100% de forma digital nos dias 15 a 18 de junho pelo Governo do Tocantins através da Secretaria da Agricultura, Pecuária e Aquicultura (Seagro).

O material será exposto de forma dinâmica, com linguagem acessível a todos na plataforma da Fapt no site www.agrotins.to.gov.br, um espaço que contará com matérias jornalísticas e peças publicitárias contendo um resumo dos projetos nas áreas de fitoterápicos, uso de efluentes, plantas medicinais, plantas do cerrado, agropecuária, resíduos orgânicos, agroenergia, aquicultura e ainda mostrará o avanço da obra do Laboratório de Referência Animal de Araguaína (Lara). Também será exibido vídeo institucional que retrata um panorama geral dos projetos científicos de base rural desenvolvidos no Estado e que trazem resultados promissores ao homem do campo. O material conta com imagens exclusivas e reais dos trabalhos dos cientistas tocantinenses.

Palestra Agro 4.0

Outra novidade esse ano, é a palestra do engenheiro agrônomo, Doutor em Fitotecnia/Melhoramento de Plantas, e atual presidente da Fapt, Márcio Silveira, que fará uma palestra sobre Agricultura 4.0 no dia 15/06 às 10h que abordará as vantagens da revolução tecnológica e das soluções inovadoras para agilizar os serviços rurais com custo benefício, tais como aumento da produtividade, rentabilidade, além de proporcionar qualidade da produção, combate a doenças nas plantações e acima de tudo, a importância do desenvolvimento do trabalho com sustentabilidade ambiental. 

“Para se ter uma ideia, um aplicativo acoplado a um drone, pode monitorar toda uma lavoura de qualquer cultura, visando a descoberta de pragas, em um tempo muito mais rápido e de maior precisão, se comparado ao serviço manual. A eficiência do planejamento, controle, e rapidez na execução, mostra claramente que esse instrumento digital tem feito a diferença no chamado modelo de agricultura de precisão. Nesse mesmo contexto as máquinas e equipamentos agrícolas favorecem a excelência nos plantios e no resultado das colheitas”, disse Silveira.  

Milho safrinha

A Agrotins 2021 vai contar ainda com a inovação do incentivo ao cultivo do milho safrinha, mesmo em condições climáticas desfavoráveis, através da utilização de biofertilizantes a base de micro-organismos procariotos, capazes de fixar no solo o nitrogênio atmosférico para favorecer todas as condições agronômicas da planta. Um estudo com aplicabilidade desenvolvido pelo engenheiro agrônomo, Doutor em Biologia Molecular e Mestrado em Entomologia Agrícola, Raimundo Wagner de Souza Andrade, pesquisador e professor da Universidade Federal do Tocantins. Um dos cientistas que faz parte do Programa Pesquisa para o SUS (PPSUS) apoiado pelo Governo do Tocantins por meio da Fapt.

Apicultura

O público também contará com uma Roda de Conversa sobre um estudo científico inédito que indica o uso de extrato de própolis para o tratamento de Covid. A pesquisa mostrou que a administração da substância em pessoas infectadas pode diminuir o tempo de internação e acelerar a recuperação se comparado aos que se submeteram ao tratamento convencional.

A Roda de Conversa ocorre no dia 16/06 às 12h25 durante a programação ao vivo da Agrotins 2021, que tem como convidada a Gerente de pesquisa Desenvolvimento e Inovação da empresa e Farmacêutica Responsável da Apis Flora, Andresa Berretta que vai apresentar os resultados promissores do estudo. Conta ainda com a participação do Doutor em Ciências Veterinárias, Claúdio Fernandes que atua na Universidade Estadual do Tocantins (Unitins), que também é pesquisador do extrato da própolis. O assunto tem como intermediadora, a Médica Veterinária e especialista em Comércio Exterior e Agente de Inovação e Difusão Tecnológica, da Secretaria da Agricultura, Pecuária e Aquicultura (Seagro), Érika Jardim.

Todos esses conteúdos estarão disponíveis no site oficial do evento www.agrotins.to.gov.br. Também no site institucional da Fundação de Amparo a Pesquisa do Tocantins (Fapt),  www.to.gov.br/fapt no link divulgação científica e no link de notícias, para consulta a qualquer momento para consulta, a fim de popularizar a ciência, tecnologia e inovação no Tocantins e de certa forma ajudar a todos os investidores do segmento da Agricultura do TO. 

 

 

A ciência tem sido uma grande aliada para a geração de soluções de problemas do agronegócio - Nonato Silva/Governo do To
keyboard_arrow_up