DETRAN/TO recebe representante do Conselho dos Despachantes Documentalistas do Tocantins

O presidente do Departamento Estadual de Trânsito do Tocantins (DETRAN/TO), Cláudio Alex Vieira, nesta quarta-feira, 15, recebeu a visita do presidente do Conselho Regional dos Despachantes Documentalistas do Estado do Tocantins (CRDD/TO), Leonel Dias de Sousa, na sede do Órgão, em Palmas.
por Celso Gick
-
- Foto: Félix Carneiro

O presidente do Departamento Estadual de Trânsito do Tocantins (DETRAN/TO), Cláudio Alex Vieira, nesta quarta-feira, 15, recebeu a visita do presidente do Conselho Regional dos Despachantes Documentalistas do Estado do Tocantins (CRDD/TO), Leonel Dias de Sousa, na sede do Órgão, em Palmas.

A implantação do CRDD/TO realizada em 28 de agosto deste ano possibilita que os profissionais da área atendam as exigências da Portaria nº 681/2021, do DETRAN/TO, que determina a comprovação de registro no Conselho como requisito para o exercício das atividades de Despachante Credenciado. A portaria foi publicada após decisão do Supremo Tribunal Federal (STF), que revogou a regulamentação anterior que disciplinava o segmento.   

Segundo o presidente do CRDD/TO, a visita teve o objetivo de estreitar o relacionamento com a gestão da autarquia, expressar o firme propósito em atuar pela regularidade no âmbito das atividades dos despachantes e nos colocar à disposição para qualquer ação direcionada a qualificar as atividades neste segmento profissional. “Nossa preocupação é toda voltada a organizar as práticas profissionais e atender a legislação”, explicou.     

Para o presidente do DETRAN/TO, toda iniciativa que visa a valorizar e regulamentar as atividades dos despachantes sempre terão todo o apoio da gestão do Órgão. “Nossa intenção é que as atividades nesse segmento tenham a importância que merecem, com todos os profissionais credenciados e em total conformidade com a legislação”, afirmou.

O Governo do Tocantins, por meio do DETRAN/TO, segue trabalhando pela transparência nas práticas relacionadas à documentação de veículos, visando sempre aumentar a regularidade e a obtenção de um trânsito mais seguro e humanizado. 

Edição: Jorge Valeriano

keyboard_arrow_up