Detran/TO promove cultos ecumênicos em alusão ao Dia Mundial em Memória das Vítimas de Trânsito

Para marcar a passagem da data, os servidores celebraram a memória das vítimas de trânsito e multiplicaram a mensagem junto aos usuários de que todos são responsáveis por um trânsito mais humanizado e com menor número de acidentes.
por Celso Gick - Ascom Detran/TO
-
Culto Ecumênico na sede do Detran/TO - Foto: Félix Carneiro file_download

O Departamento Estadual de Trânsito do Tocantins (Detran/TO) realizou um momento de reflexão em homenagem ao Dia Mundial das Vítimas de Trânsito, na manhã desta segunda-feira, 22, na sede do órgão em Palmas, e nas Circunscrições Estaduais de Trânsito (Ciretrans), localizadas em cidades do interior do Estado. 

Cultos ecumênicos foram realizados para marcar a passagem da data. Durante a solenidade, servidores celebraram a memória das vítimas de trânsito e multiplicaram a mensagem junto aos usuários de que todos são responsáveis por um trânsito mais humanizado e com menor número de acidentes. Além da sede, na Capital, também foram promovidos cultos ecumênicos nas Ciretrans de Araguaína, Gurupi, Paraíso e Augustinópolis.

Anualmente, o terceiro domingo de novembro é lembrado como o Dia Mundial em Memória das Vítimas de Acidentes de Trânsito. A data foi instituída há 26 anos pela Organização das Nações Unidas (ONU) e trata-se de um momento para homenagear às vítimas do trânsito, seus familiares, amigos e os profissionais que atuam neste segmento. Além de ser uma oportunidade para uma reflexão sobre os problemas que enfrentamos nessa área, tanto estruturais como comportamentais. 

Na abertura da programação, na sede do Detran/TO, em Palmas, o vice-presidente do Órgão, Jasson Quirino da Silva, em seu pronunciamento, destacou a importância data para uma profunda reflexão em memória das vítimas de acidentes de trânsito. “Precisamos estar conscientes de que possuímos um papel fundamental, não só como funcionários de um órgão ligado à gestão do trânsito, mas também como cidadãos, condutores e pedestres, pois temos uma grande responsabilidade em nossas mãos”, disse. 

Dando prosseguimento a programação, na Capital, o padre Aderso Alves dos Santos, em sua mensagem, lembrou os que já partiram em consequência de um acidente de trânsito, ou mesmo, ficaram com sequelas ou problemas psicológicos. “Devemos saber claramente que, como disse Jesus, quem pede, acaba recebendo, e quem procura, um dia encontra o que está buscando... e têm muitas pessoas que parecem que procuram problemas e sofrimento para suas vidas”, advertiu. 

Na sequência, no culto ecumênico, em Palmas, o pastor José Batista Freitas Santos, em sua mensagem pediu a Jesus proteção para que não sejamos vítimas do trânsito, prudência para nunca colocarmos a vida dos outros em risco e sabedoria para orientar a comunidade no sentido de um trânsito mais seguro. “Neste dia lembramos os que já se foram, quem já não está mais entre nós, porém, provavelmente, deixaram um legado, que precisamos continuar horando com alegria e fé", afirmou.

O Governo do Tocantins, por meio do Detran/TO, reitera que a imprudência, junto com o descuido e a negligência são os maiores causadores dos acidentes, portanto ao dirigir respeite a velocidade, não ultrapasse em locais proibidos, não conduza seu veículo após consumir bebida alcoólica, respeite o pedestre, o ciclista, o motociclista e faça sempre o uso dos equipamentos de segurança.

Araguaína

A Ciretran de Araguaína promoveu culto ecumênico com a participação do padre Edson e do pastor Alexandre. Após a apresentação do chefe dos fiscais Adonel, houve a palavra dos representantes das instituições religiosas e, na sequência, a leitura, com Laesio, da História do Dia Mundial em Memória das Vítimas do Trânsito.

Na oportunidade foi apresentada a homenagem dos acadêmicos da UMA/UFT às vítimas de trânsito, com distribuição do laço preto, símbolo da campanha aos usuários dos serviços do Detran/TO. A programação foi encerrada com um sirenaço em frente à Ciretran e agradecimento aos parceiros. 

Paraíso do Tocantins

Um culto ecumênico em alusão ao Dia Mundial em Memória das Vítimas de Trânsito também foi promovido pela Ciretran de Paraíso do Tocantins. A celebração proporcionou uma reflexão sobre a vida e nossa fragilidade diante dos desafios do trânsito. A mensagem principal foi que essa conscientização se torna cada vez mais necessária, pois nossas atitudes no trânsito têm influência direta no número de vidas preservadas. Por isso os servidores reiteram a importância de que todos sejam multiplicadores de respeito e paz nas vias públicas.

Gurupi

A Ciretran de Gurupi promoveu culto ecumênico com a participação dos padres Eldinei da Silva Carneiro Neto, da Paróquia Santo Antônio, pregadora Lia Vitória Alves Costa, da Assembleia de Deus - Ministério Madureira Park dos Buritis, pastora Valma Bezerra Mota Lopes, da  Assembleia de Deus - Ministério Restaurando Vidas, e pastor  Francisco das Chagas Lopes da Silva, da Assembleia de Deus - Ministério Restaurando Vidas.

Augustinópolis

A Ciretran de Augustinópolis também promoveu culto ecumênico com a presença de servidores e usuários em homenagem às vítimas de acidentes de trânsito. O coordenador da unidade, João Saullo, fez abertura dando as boas-  vindas a todos, em seguida a pedagoga Temes Tereza Ribeiro falou sobre o propósito do culto em aumentar a consciência da população em relação as perdas de vidas devido a acidentes de trânsito  e intensificar os esforços enfrentar esse problema. Em seguida, o pastor Osvaldo Campos iniciou o culto com uma oração e ao termino foi servido um lanche.

Edição Jorge Valeriano

Revisão Textua: Sualla Marinho
 

Padre Aderso Alves dos Santos - Félix Carneiro
Pastor José Batista Freitas Santos - Félix Carneiro
Vice-presidente do Detran/TO, Jasson Quirino da Silva - Félix Carneiro
Padre Aderso Alves dos Santons - Félix Carneiro
Ciretran Araguaína - Ascom/Detran
Ciretran Gurupi - Ascom/Detram
Ciretran Paraíso - Ascom/Detran
Ciretran Augustinóplis - Ascom/Detran
folder_open Arquivos
keyboard_arrow_up