Comitê Estadual do Fogo e Governo do Tocantins vão divulgar resultados das ações de combate aos incêndios florestais

O sucesso das parcerias em 2021, garantiu o Tocantins fora do top five em queimadas no Brasil. Mais de R$ 70 milhões em multas foram aplicados
por Luiz Henrique Machado/Governo do Tocantins
-
Em diversas regiões, famílias foram contempladas com cestas básicas entregues pela Defesa Civil Estadual - Foto: Luiz Henrique Machado/Governo do Tocantins file_download

Será nesta quarta-feira, 24, às 9h, no auditório do Palácio Araguaia, em Palmas, o encontro dos parceiros do Comitê Estadual do Fogo e Governo do Tocantins, para a divulgação do relatório final em torno das ações de prevenção, combate e fiscalização dos incêndios florestais durante o ano. Os motivos são de comemoração, com o estado deixando a lista dos que mais queimam (entre os cinco), subindo para a 9ª posição.

Por trás dessa conquista, segundo explicou o tenente-coronel Erisvaldo Alves, coordenador-adjunto da Defesa Civil Estadual, está a união dos 29 órgãos membros do Comitê Estadual do Fogo.

“Foi um ano de resultados positivos”, afirma Alves. O coordenador-adjunto relatou que, na programação deste ano, “foi possível visitar mais de 12 mil pessoas em diversas partes do estado, com ações preventivas e educativas, além de fazer a distribuição de mais de 30 toneladas de alimentos às famílias com necessidades e impactadas pela pandemia do novo coronavírus”. 

“Ainda tivemos mais de 76 mil alunos impactados com aulas de educação ambiental e as instituições de fiscalização aplicaram multas que passam de R$ 70 milhões por conta do descumprimento da legislação”, acrescentou o tenente-coronel.

Outro dado a ser divulgado pelas autoridades diz respeito à redução de 30% no índice de queimadas no Tocantins, em comparação com o mesmo período do ano passado. “É muito gratificante e isso mostra a eficiência do trabalho executado por todos. As instituições parceiras estão de parabéns, pois cumpriram o que estava proposto desde o início do ano, com a aprovação do Plano de Ação”, avalia Alves. 

As primeiras atividades do Comitê do Fogo começaram ainda em março, e diminuíram com as primeiras chuvas no Tocantins. Entre tantas ações estão a formação de uma legião de brigadistas municipais de combate a incêndios florestais, bem como a inédita formação de uma Brigada Estadual de Combate a Incêndio Florestal, pelo Governo do Tocantins, contratando, por meio da Secretaria de Estadual de Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Semarh), 80 brigadistas.

O evento nesta quarta-feira, vai reunir todos os parceiros numa grande celebração, fechando o ano de muito trabalho e resultados valiosos para o Tocantins.

Mias de 1.200 brigadistas foram formados pela Defesa Civil Estadual em parceria com prefeituras - Luiz Henrique Machado/Governo do Tocantins
Tenente-coronel Erisvaldo Alves, coordenador-adjunto da Defesa Civil Estadual - Luiz Henrique Machado/Governo do Tocantins
Mias de 1.200 brigadistas foram formados pela Defesa Civil Estadual em parceria com prefeituras - Divulgação/CBMTO
keyboard_arrow_up