Cidadania e Justiça realiza aula inaugural do curso de Pedreiro na Unidade Penal de Natividade para 15 custodiados

O curso profissionalizante está sendo ofertado por meio do Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego. 
por Marcos Miranda e Vitória Soares/Governo do Tocantins
-
A gerente Renata Duarte frisou que este curso é fruto do planejamento e integração entre o Sistema Penal, Seduc e a Unidade Penal de Natividade. - Foto: Divulgação Seciju/Governo do Tocantins

Com intuito de qualificar as pessoas privadas de liberdade e incentivar a ressocialização por meio do trabalho, a Secretaria de Estado da Cidadania e Justiça (Seciju) realizou nesta quinta-feira, 07, em Natividade, a aula inaugural de mais um curso profissionalizante no Sistema Penal do Tocantins. O curso de Pedreiro será aplicado para 15 custodiados na Unidade Penal no município, sendo ofertado por meio do Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (Pronatec).   

A ampliação do número de cursos dentro das unidades penais é um dos objetivos do Programa Novo Tempo, que fortalece as assistências educacionais e profissionalizantes no Sistema. “Estamos cumprindo o propósito do Governo do Tocantins, que é tornar o nosso Sistema Penal uma referência nacional. Os cursos de capacitação e de ensino são o caminho para chegarmos neste objetivo e, para isso, continuaremos aumentando as oportunidades de educação, profissionalização, trabalho e renda” afirmou o Superintendente de Administração dos Sistemas Penitenciário e Prisional, Orleanes Alves. 

O chefe da Unidade Penal de Natividade, Ronaldo Domingues, falou sobre como o curso irá impactar positivamente na Unidade. “Receber esse curso é muito gratificante. Vai ser algo que vai ficar na história da nossa Unidade, pois ele é uma forma de dar dignidade a essas pessoas e para mim é a melhor forma de reinserir essas pessoas a sociedade”, disse.

A gerente de Reintegração Social, Trabalho e Renda ao preso e ao Egresso da Seciju, Renata Duarte, lembrou que esta turma é fruto do planejamento e integração entre o Sistema Penal, a Secretaria Estadual de Educação, Juventude e Esportes e a Unidade Penal de Natividade. “Este é o penúltimo curso de qualificação profissional pactuado com o Pronatec para este ano. Viabilizar políticas de qualificação profissional, trabalho e geração de renda ao preso é uma questão de responsabilidade social e de inteligência penitenciária, pois oportuniza um caminho muito diferente do que fez ele para chegar à prisão, quebrando o círculo da violência, fortalecendo a paz social, proporcionando economia ao Estado e reduzindo a reincidência criminal”, declarou a gerente.

Curso

O Curso de Pedreiro terá duração de 200h/aula, incluindo teoria e prática, do qual participarão custodiados das Unidades Penais de Barrolândia; Formoso do Araguaia; do Cariri; Dianópolis; Gurupi, além de pessoas privadas de liberdade da Unidade Penal de Natividade.

Para o Coordenador-geral do Pronatec/Novos Caminhos no Tocantins, Sílvio Inácio Moreira, a educação é um dos principais agentes no processo de construção da cidadania. “É isso que o Governo do Estado do Tocantins vem fazendo através da Seduc, em parceria com a Seciju, e com o apoio e financiamento do Governo Federal através do Ministério da Educação, pelo Pronatec/Novos Caminhos. Com essas parcerias, estamos oportunizando uma nova perspectiva de vida a esses cursistas privados de liberdade, proporcionando-lhes uma chance de trilhar novos caminhos, uma nova vida”, disse.

Para o custodiado J.M.R.S., esta capacitação é uma “virada de chave”, uma oportunidade que será aproveitada. “O curso é uma coisa boa demais. Educação é tudo e eu estou muito agradecido e satisfeito com a oportunidade que estão dando para gente, é uma oportunidade de ouro”, concluiu.

 

keyboard_arrow_up