Cidadania e Justiça forma 13 custodiados no curso de Pintura Imobiliária

Os formandos da capacitação ofertada por meio do Pronatec são das Unidades Penais de Gurupi, Miracema, Formoso, Paraíso, Palmeirópolis e Unidade Penal de Segurança Máxima do Cariri
por Márcia Rosa/Governo do Tocantins
-
Os formandos são das Unidades Penais de Gurupi, Miracema, Formoso, Paraíso, Palmeirópolis e de Segurança Máxima do Cariri - Foto: Márcia Rosa/Governo do Tocantins

A Secretaria de Estado da Cidadania e Justiça (Seciju), formou nesta segunda-feira, mais 13 custodiados em cursos profissionalizantes no Sistema Penal. Dessa vez, os formandos são do curso de Pintura Imobiliária, realizado na Unidade Penal de Palmeirópolis, por meio do Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (Pronatec), ofertado em parceria com a Secretaria Municipal de Educação (Semed).

J.F.G foi um dos custodiados mais elogiados devido a sua dedicação no curso e por atuar em várias frentes de trabalho na unidade penal. “Para mim foi muito importante participar porque é um curso maravilhoso para todos nós. Posso até dizer que sou um profissional porque a professora que nos ensinou foi muito boa e estou muito feliz e agradeço a todos em nome dos companheiros”, ressaltou o formando. 

Formatura

A cerimônia de formatura ocorreu na Unidade Penal de Palmeirópolis onde o curso foi ministrado, ocasião na qual o Secretário Executivo da Seciju, Geraldo Cabral, fez a entrega dos certificados aos formandos. “Estamos vivenciando uma mudança significativa no Sistema Penal no que se refere à educação e profissionalização como formas de ressocialização. Defendemos a humanização da pena e, juntamente com a equipe da Gerencia de Reintegração Social, Trabalho e Renda, estamos nos mobilizando diariamente para que isso seja cada vez mais possível”, explicou o gestor.

O chefe da Unidade Penal, Ronaldo Martins, deu as boas-vindas aos presentes, parabenizou os formandos, além de agradecer a sua equipe. “Parabenizo aos formandos que abraçaram essa oportunidade e reforço que tudo isso só foi possível graças ao esforço e engajamento de toda equipe”, frisou.

Presente no evento, o Prefeito de Palmeirópolis, Bartolomeu Moura Júnior, parabenizou a iniciativa e reforçou o apoio dado por meio da Semed. “Parabenizo a Seciju pelo desafio de implantar esse modelo de reinserção na sociedade e isso se faz com trabalhos como esse e aproveito para parabenizar o chefe da Unidade Penal que não tem medido esforços para qualificar e dar oportunidades aos custodiados”, reforçou o Prefeito. 

Homenagem

Um dos pontos altos da cerimônia foi a homenagem feita pelos custodiados à professora Késia Gomes da Cruz que destacou a experiência de ser uma mulher a dar um curso para homens presos. “De início fiquei um pouco apreensiva por ser um local totalmente atípico, porém conseguimos construir uma relação de muito respeito entre aluno e professor. Nunca adentrei na vida pessoal deles, pelo contrário, às vezes até esquecia que estava naquele ambiente carcerário e foi tudo bem natural”, afirmou a professora.

Filipe Tomazi, responsável pelo apoio técnico na Política de Educação do Sistema Penal da Seciju, pontuou que “encerra-se mais um curso profissionalizante no Estado, todavia criam-se novas perspectivas para o Sistema Penal Tocantinense. Caminhamos a passos largos para o desenvolvimento de um Sistema mais eficiente, humanizado e fundado nos princípios da dignidade da pessoa humana”, finalizou.

A capacitação teve 180 horas/aulas e contou com a participação de custodiados de outras cinco unidades penais, sendo um da Unidade de Segurança Máxima do Cariri, dois de Gurupi, um de Miracema, dois de Formoso, dois de Paraíso, além de cinco pessoas privadas de liberdade de Palmeirópolis.

 

Edição: Lauane dos Santos/Governo do Tocantins

Revisão Textual: Lauane dos Santos/Governo do Tocantins

No total, 13 custodiados receberam a certificação pelo Pronatec - Márcia Rosa/Governo do Tocantins
Equipe da Unidade Penal e da Seciju apoia a oferta de escolarização e profissionalização - Divulgação Seciju
Homenagem dos formandos à professora do curso - Márcia Rosa/Governo do Tocantins
keyboard_arrow_up