Seleção de brigadistas é anunciada pelo governo do Tocantins, com parceria entre CBMTO e SEMARH

Com a Medida Provisória e Decreto já publicados, Corpo de Bombeiros Militar agiliza detalhes para seleção de 80 brigadistas florestais
por Luiz Henrique Machado/Governo do Tocantins
-
Os brigadistas vão atender oito cidades onde estão as unidades do CBMTO - Foto: Luiz Henrique Machado/Governo do Tocantins

Anúncio de grande valor socioambiental foi publicado no Diário Oficial do Estado do Tocantins nesta segunda-feira, 12, em que traz o Decreto 6.284, assinado pelo governador Mauro Carlesse, autorizando Corpo de Bombeiros Militar e Secretaria de Estado de Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Semarh), a selecionar 80 pessoas para a formação de Brigada de Combate a Incêndios Florestais. E mais, o documento abrange também a possibilidade de seleção de guarda-vidas civil.

O formato da medida é inédito, pois possibilita que cada brigadista receba uma indenização para custeio de despesas pelo trabalho, cumprindo jornada de 12 horas e descansando outras 24 horas.

Os valores virão da SEMARH, e oito cidades onde estão as unidades do Corpo de Bombeiros Militar serão contempladas. 

“É um ganho sem precedentes, pois os benefícios de uma brigada como essa são estendidos à prevenção e combate a incêndio, ao meio ambiente, às prefeituras e também às pessoas que muitas vezes são prejudicadas com a fumaça e até mesmo os danos causados pelas chamas”, relatou o Coronel Reginaldo Leandro da Silva, comandante geral do CBMTO e Coordenador Estadual da Defesa Civil.

Até mesmo a corporação é beneficiada, já que não tem homens suficientes para atuar nas frentes de combate a incêndios florestais em todas as regiões. E como o clima no Tocantins já é propício às queimadas, o CBMTO se apressa e detalha as formas para abrir oficialmente as vagas e executar a seleção.

O edital com as regras e cronograma da seleção está neste link https://bit.ly/3r95Tgm.

As inscrições devem ser realizadas no link https://bit.ly/3efxszD.

“Serão mais 80 brigadistas trabalhando, provendo recursos para suas casas, movimentando a economia de suas cidades. Esse ganha-ganha não pode ser medido com palavras. Só temos a agradecer o governador Mauro Carlesse por essa grande ação em favor do meio ambiente e das pessoas”, frisou o Coronel Leandro.

Perfil

Serão formadas oito Brigadas Estaduais, cada uma com dez pessoas e instaladas nas cidades onde estão os Batalhões e Companhias do Corpo de Bombeiros Militar.

“Vemos isso como uma grande conquista, pois além de servir como apoio para os brigadistas já contratados pelas Prefeituras, eles poderão atuar em toda a regional onde estão instalados, já que se trata de uma Brigada Estadual. É algo que tem uma força muito importante numa ação de combate a incêndios florestais”, destacou o Tenente-Coronel Erisvaldo Alves, Coordenador-adjunto da Defesa Civil Estadual.

O Coordenador-adjunto ainda relata que as vagas são grandes possibilidades para quem já esteve nas brigadas municipais, atuando nos combates a incêndios florestais por suas regiões. “É uma oportunidade para essa força com experiência valiosa. É gente que já está com toda bagagem e ritmo que um grupo como esse vai precisar”, disse Alves.

“Entretanto, as vagas estarão disponíveis para todos os interessados. Fiquem atentos às datas e critérios”, completou.

Detalhes

Os Cursos de Formação serão ministrados nas Unidades do CBMTO, entre os dias 29 e 31 de julho, de forma presencial e terão carga horária de 36 horas, com conteúdos teóricos e práticos.

Os interessados em concorrer deverão ter idades entre 18 e 50 anos, além de possuir boa condição de saúde (comprovada por atestado médico).

As inscrições serão abertas dia 15 e vão até o dia 22 deste mês (Julho), e serão feitas apenas por meio eletrônico, no link do edital a ser publicado no Diário Oficial do Estado. No formulário o candidato poderá escolher onde vai fazer a prova – Palmas, Araguaína, Gurupi, Paraíso do Tocantins, Porto Nacional, Colinas do Tocantins, Araguatins e Dianópolis.

A disputa pela vaga será dia 26 de julho, com teste de aptidão física de caráter classificatório – eliminatório, o candidato terá que percorrer 2.400 metros de distância com uma bomba costal cheia, com 24 litros de água. E o tempo máximo para a conclusão do percurso, sem correr, apenas caminhar, é de 30 minutos.

Os brigadistas vão atender oito cidades onde estão as unidades do CBMTO - Luiz Henrique Machado/Governo do Tocantins
Coronel Leandro destaca caráter sócio-ambiental da seleção dos brigadistas - Luiz Henrique Machado/Governo do Tocantins
Coordenador-adjunto da Defesa Civil, tenente-coronel Alves, enfatiza importância da Brigada para o meio ambiente - Luiz Henrique Machado/Governo do Tocantins
keyboard_arrow_up