Em Paraíso, bombeiros militares resgatam criança que caiu em cisterna

O garoto tem cinco anos de idade e ficou algumas horas no poço de 12 metros de profundidade até a chegada dos bombeiros
por Luiz Henrique Machado/Governo do Tocantins
-
Bombeiros militares fazem o resgate de criança em cisterna na cidade de Paraíso do Tocantins - Foto: Divulgação/CBMTO

Uma criança de cinco anos de idade ficou algumas horas dentro de uma cisterna de aproximadamente 12 metros de profundidade, após cair no local, na manhã desta terça-feira, 01. O caso foi registrado no Setor Pouso Alegre, em Paraíso do Tocantins, região central do estado, cerca de 60 km de Palmas. 

Os bombeiros militares da 3° Companhia foram acionados pela mãe de Arthur Pereira Sena, por volta das 9h. Toda a operação durou cerca de 30 minutos. 

Segundo os bombeiros que atenderam a ocorrência, o poço tem cerca de um metro de lâmina d’água e a criança ficou sobre pedaços de madeira e segurando numa corda lançada por vizinhos, logo após Arthur cair no local. 

A mãe do menino não soube explicar como Arthur caiu na cisterna. O garoto teve ferimentos leves e foi conduzido para o Hospital pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU).

Para o resgate, os bombeiros militares usaram uma técnica chamada de multiplicação de força, em que montam um tripé e fazem a descida de um militar pela corda, e o içamento da vítima em seguida.

keyboard_arrow_up