Governo levará internet de qualidade, via fibra óptica, para todos os municípios do Tocantins

Governo tem total viabilidade para implantar o projeto nos 139 municípios do Estado
por Thaís Ramalho/Governo do Tocantins
-
Foto 01.jpeg

O Governo do Tocantins deu mais um passo para o andamento do Tocantins Net, projeto que propõe rede de internet fibra óptica interligando os 139 municípios do Estado.  Em reunião na Secretaria do Planejamento e Orçamento (Seplan), a Agência de Tecnologia da Informação (ATI) recebeu da Globaltask Gestão e Tecnologia, empresa voltada para o desenvolvimento, implementação e suporte profissional de soluções inteligentes de comunicação de dados, voz e imagem, o estudo de viabilidade para a implantação do projeto no Tocantins. 

A empresa entregou 11 cadernos com estudos financeiro, econômico, jurídico e técnico. Segundo a Globaltask, o Governo tem total viabilidade para implantar o projeto nos 139 municípios do Estado e, dessa forma, melhorar a prestação dos seus serviços, qualidade de vida da população e atrair novos investidores.

O intuito é que, por meio de uma Parceria Público-Privada (PPP), sejam implantados aproximadamente 1.300 pontos de conexões, entre pontos de acesso do Governo e pontos de acesso público, com cerca de 30 MB por ponto, que contemplarão o acesso à internet para a população, todas as unidades públicas estaduais e darão suporte às ações nas áreas da Saúde, Educação, Segurança Pública, entre outras. Para a zona rural, o intuito é que essa internet seja fornecida via satélite. Ao todo, serão instalados mais de 8.000 km de fibras no Estado.

O presidente da ATI, Thiago Maciel, garante que, com o Tocantins Net, o Estado avançará na prestação de serviços de qualidade à população. “O governador Mauro Carlesse tem dado o devido reconhecimento à área de tecnologia da informação e investido em projetos de modernização para o Tocantins. Essa iniciativa do Governo, por meio do Tocantins Net, é exemplo de que estamos acompanhando a evolução da comunicação, melhorando os índices de conectividade no nosso Estado e, consequentemente, isso nos faz avançar na prestação de serviços de qualidade para a população”, afirma. 

Análise

O projeto ainda será submetido à análise dos órgãos de controle da administração, consultas públicas e, após aprovação da Assembleia Legislativa do Estado do Tocantins (Aleto), o Governo abrirá licitação para a contratação da empresa que implantará o serviço no Estado.

O superintendente de Gestão e Governança de Tecnologia da Informação, Alírio Felix, destaca que, após a contratação da empresa, ficará sob responsabilidade da ATI toda a administração técnica do Tocantins Net no que se refere à rede Governo. “Faremos a análise técnica dos cadernos entregues pela Globaltask e iniciaremos o processo de contratação do serviço por meio de uma licitação, na modalidade técnica e preço, a partir da definição do seu modelo junto aos demais órgãos envolvidos nesse projeto. Após a licitação e contratação da empresa responsável pela implantação e execução do serviço, a ATI fará a administração e fiscalização do contrato”, explica.

keyboard_arrow_up