Metrologia Estadual dá dicas importantes para a compra de presentes do Dia dos Pais

Eletrodomésticos, cosméticos, perfumaria e vestuário são produtos que devem contar com a certificação do Inmetro
por Cejane Borges/Governo do Tocantins
-
Ao comprar eletrodomésticos, a recomendação é que o consumidor priorize os produtos com classificação “A” - Foto: Fabrício Mendonça/Governo do Tocantins

No próximo domingo, dia 08 de agosto, comemora-se o Dia dos Pais, data em que a troca de presentes é uma das formas de expressar o amor entre a família. Data, também, que o comércio varejista aposta para aquecer as vendas e melhorar a economia em tempo de pandemia.

Assim, inúmeras opções de produtos estarão disponíveis no mercado, com preços e promoções variadas visando atrair o cliente e não deixar passar a data em branco.

Vestuário, cosméticos, perfumes, eletrodomésticos, alimentos e serviços, entre outros, estão na lista de mercadorias mais procuradas no período.

E, de olho em contribuir com o consumidor, por meio da educação formativa para o consumo, o Governo do Tocantins, via Agência de Metrologia, Avaliação da Conformidade, Inovação e Tecnologia do Estado do Tocantins (AEM-TO), órgão delegado do Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia (Inmetro) no Tocantins, orienta a população sobre cuidados essenciais na hora de ir às compras do presente do papai.

O presidente da AEM, Rérison Castro, informa que “o consumidor precisa gastar um tempinho lendo e se informando sobre o produto que quer adquirir. É fundamental observar bem os rótulos e etiquetas informativas para evitar desgastes ou mesmo problemas futuros, inclusive acidentes de consumo”, aponta o gestor.

Pensando em presentear com um eletrodoméstico?

É importante estar atento à Etiqueta Nacional de Conservação de Energia (ENCE), que informa sobre o consumo energético do produto, indicado por uma escala colorida com letras de A a G, que apresentam os níveis de consumo do aparelho. Uma seta preta com a letra correspondente ao consumo daquele aparelho informa o seu nível de eficiência energética. Assim é fácil saber, por exemplo, que um produto classificado com letra A é mais eficiente (gasta menos), do que um com a letra C. Vale ressaltar que as informações do selo permitem que o consumidor faça uma avaliação na hora da compra, podendo adquirir um produto que consuma menos energia e tenha menor impacto ambiental, além, é claro, da economia financeira. Contudo, é importante estar atento, pois um produto mais barato tem menor eficiência e pode sair mais caro, pois sua conta de luz será sempre maior.

De acordo com o Inmetro, os produtos considerados com “campeões de venda” são barbeadores, torradeiras, sanduicheiras, fornos elétricos. O consumidor deve sempre ter o cuidado de observar se o produto ostenta o Selo de Identificação Inmetro na embalagem. É ele que atesta que a mercadoria foi avaliada quanto à segurança.

De acordo com o presidente da AEM, Rérison Antonio Castro Leite, o consumidor precisa estar sempre atento. “No caso do eletrodoméstico, o Selo Inmetro traz uma orientação importante de consumo que pode impactar positivamente o orçamento doméstico com a economia de energia”, destaca o presidente.

Seu pai gosta de ganhar roupas?

Para o consumidor que optar por presentear o pai com roupas, é importante estar atento à etiqueta do produto. Nela deve conter todas as informações necessárias para o consumidor: dados do fabricante ou do importador, CNPJ da empresa fabricante, país de origem, composição têxtil, cuidados de conservação e indicação de tamanho. Além disso, todas as informações devem estar escritas em português.

Vale destacar que algumas pessoas têm reações alérgicas com o contato da pele com alguns tecidos. Por isso, é fundamental que o consumidor saiba qual é o produto que está adquirindo. A etiqueta é a orientação de segurança ao usuário e a garantia de que o uso correto não trará problemas.

Perfumes, cremes, hidratantes e kits pós barba

No caso dos cosméticos e perfumes, produtos que são pré-medidos, a orientação da Metrologia Estadual é que o consumidor leia todo o rótulo da embalagem, que deve conter o peso final do produto, descartado o material que o embala. 

Compras seguras começam na escolha do estabelecimento comercial

O consumidor consciente sabe da importância em adquirir produtos com a Nota Fiscal. O documento tem um número que é capaz de rastrear o fabricante no caso de acidentes de consumo. Por isso, a dica mais importante que a Agência de Metrologia dá à população é que as compras sejam sempre realizadas no comércio formal, sejam pequenos ou grandes empreendedores, e que o consumidor peça a nota fiscal. “Mais do que a garantia do produto e a oportunidade de troca, a nota é também um documento legal que identifica qualquer anormalidade no caso de acidentes de consumo, legitimando os direitos e reclamações”, informa o presidente da Metrologia Estadual, Rérison Castro. 

O consumidor que quiser contribuir com o trabalho da Metrologia Estadual, ao detectar possíveis irregularidades, pode entrar em contato com a Ouvidoria da AEM. O órgão disponibiliza canais diretos com o consumidor: telefone 3218-2076 ou 162 e pelo e-mail: ouvidoria@aem.to.gov.br

 

 

Roupas são excelentes opções de presentes, mas é fundamental que nos produtos têxteis, todas as informações estejam escritas em português - Divulgação
O consumidor deve ler o rótulo e as etiquetas informativas de todos os produtos pré-medidos como perfumes, kits pós-barba, hidratantes - Divulgação
Os barbeadores elétricos devem ostentar o Selo de Conformidade Inmetro nas embalages - Fabrício Mendonça/Governo do Tocantins
keyboard_arrow_up