Projeto “Encontros Sonoros” de música contemporânea abre inscrições, com apoio do Governo do Tocantins

Oficinas ocorrem entre os dias 17 e 18 de setembro em Palmas, Gurupi e Porto Nacional
por Wladimir Machado/Governo do Tocantins
-
Oficina visa explorar novas possibilidades sonoras por meio de experimentações musicais criativas - Foto: Divulgaçao

 

Com objetivo de explorar novas possibilidades sonoras, por meio de experimentações musicais criativas que possam ser usadas em sonoplastia, em composições, no cancionismo e na improvisação musical, estão abertas as inscrições para as oficinas Encontros Sonoros. As oficinas são uma realização da empresa Fluxo Criativo e ocorre entre os dias 17 e 18 de setembro. O projeto foi contemplado pela Lei Aldir Blanc Tocantins e conta com apoio do Governo do Tocantins, por meio da Agência de Desenvolvimento do Turismo, Cultura e Economia Criativa (Adetuc).

A música autoral contemporânea é o foco da oficina Encontros Sonoros que será ministrada pelo maestro Heitor Oliveira. O projeto será ofertado a músicos amadores e profissionais. Serão disponibilizadas dez vagas por turma, direcionadas ao público das cidades de Palmas, Porto Nacional e Gurupi. 

No dia 17 de setembro, as atividades ocorrem, às 8 horas, na Universidade Federal do Tocantins (UFT) Bloco B em Palmas, e às 14 horas na ComSaúde, em Porto Nacional. No dia 18 de setembro, 14h30, haverá aula no Centro Cultural Mauro Cunha, em Gurupi.

 As inscrições já estão abertas e podem ser feitas pelo link https://docs.google.com/forms/d/e/1FAIpQLSc4LbBg3OwI1sOXwnqwC8Skc2eWDiwYr_nIv0BDw1tuka6c8w/viewform, também disponíveis nas redes sociais da Fluxo Criativo.

As oficinas integram o projeto As Gerações dos Mortais Assemelham-se às Folhas das Árvores (2015-2017), que ofertará gravação e lançamento audiovisual e fonográfico de uma obra musical contemporânea para pianista e assistentes. O projeto é fruto de uma colaboração entre o pianista Dario Rodrigues Silva (Caçapava-SP) e o compositor Heitor Oliveira (Palmas-TO).

A obra consiste em um sarau para pianista e assistentes com música de Heitor Oliveira e textos de Homero, Dante, Camões e Shakespeare. “A obra inventa relações entre leituras de passagens literárias clássicas e a criação musical contemporânea, propondo a interação do pianista com seus assistentes. Seu processo de criação e de performance proporciona reflexões e provocações no âmbito de práticas criativas colaborativas e interartísticas”, afirma Heitor Oliveira.

“O projeto contribui para aperfeiçoamento, troca de experiência e valorização dos músicos, estimulando a criatividade dos nossos artistas tocantinenses”, considerou o presidente da Adetuc, Jairo Mariano.

Perfil

Heitor Martins Oliveira possui bacharelado em Música/Regência e licenciatura em Educação Artística pela Universidade de Brasília, mestrado em Música/Composição pela Texas State University e doutorado em Música/Composição pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

Na UFT, é professor do Curso de Teatro, onde vem estimulando a constituição de espaços de participação cultural e de criação sonora e musical. Também mantém atividade constante como compositor de música para sala de concerto, artes cênicas e produção audiovisual.

keyboard_arrow_up