Adapec solicita ao Mapa autorização para manutenção de cultivo excepcional de soja nas planícies tropicais

A documentação foi entregue pela Adapec à SFA
por Welcton de Oliveira / Governo do Tocantins
-
Plantio de soja nas planíceis tropicais - Foto Marley Camilo.jpg

Adapec protocolou na tarde desta terça-feira, 16, na sede da Superintendência Federal da Agricultura no Tocantins, um processo onde solicita a manutenção da autorização de cultivos excepcionais de soja realizados nas planícies tropicais sob o sistema de subirrigação.

Segundo o gerente de sanidade vegetal da Adapec, Marley Camilo, a solicitação atende a uma medida estabelecida este ano pelo Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), a qual estabelece que, a partir de 2022, os estados que cultivam soja no período de excepcionalidade à janela de semeadura deverão oficializar este pedido anualmente ao Mapa. 

A Adapec solicitou a manutenção do cultivo de soja no período de excepcionalidade para as finalidades de pesquisa, ensino e produção de sementes de soja conforme categorias e padrões autorizados pelo Mapa, inclusive para reserva de parte da produção de sementes para uso próprio.

A Agência juntou ao processo, uma Manifestação Técnica, onde ela justifica e embasa o pedido, com base em dados técnicos e na legislação estadual elaborada pela Agência, que demonstra o controle da ferrugem asiática na produção de soja nas planícies tropicais no período de excepcionalidade. 

Edição: Dinalva Martins / Governo do Tocantins

Revisão Textual: Dinalva Martins / Governo do Tocantins

keyboard_arrow_up